trilogia legend

Legend – Veja os livros desse grande sucesso em ordem

O nome de Marie Lu, escritora da saga de que falaremos hoje, vem crescendo muito no meio da literatura. A autora contemporânea publicou algumas grandes obras nos últimos anos e, em especial, duas delas — Legend e Jovens de Elite — vêm fazendo muito sucesso nas livrarias. Já publicamos um artigo sobre a trilogia Jovens de Elite e agora vamos falar sobre cada um dos livros da série Legend em ordem.

Para que você tenha uma ideia da magnitude da criação literária de Lu, além de ser um best-seller do New York Times, como já ressaltamos no outro artigo, essa obra é considerada pelo público e pela crítica internacional como uma das maiores obras de distopia já publicadas.

Essa saga pode ser considerada uma trilogia, pois a história principal é desenvolvida e concluída nos primeiros 3 livros, que foram lançados respectivamente em 2011, 2012 e 2013. A narrativa poderia ter definitivamente acabado no terceiro livro sem nenhum problema, mas a autora, em 2019, lançou mais um volume, os quais foram lançados pela Editora Rocco no Brasil. 

A distopia é ambientada num cenário futurístico (2130 D.C.) caótico e sombrio, numa América do Norte (como conhecemos hoje) assolada por guerras e pragas.

Os 3 primeiros livros são narrados em primeira pessoa por 2 personagens principais: a June, uma menina prodígio que, aos 15 anos, está prestes a se formar numa escola militar e seguir uma carreira grandiosa na defesa da República, e Day, um garoto de 15 anos que é o criminoso mais procurado da República, e que possui habilidades e inteligência impressionantes.

Assim, os destinos destes dois personagens encantadores estão prestes a colidirem. Isso garantirá muitos momentos de aventura interessantes, bem como um romance muito interessante.

Dito isso, vamos ver um pouco sobre cada livro da saga Legend em ordem. (Há spoilers)

1 – Legend: a verdade se tornará lenda

legend

Este é o primeiro volume da ordem dos livros da série Legend. Aqui, a autora dá início ao que seria um de seus maiores feitos profissionais.

Como já foi dito neste artigo, a narrativa é centrada nos protagonistas June e Day. Dois personagens de uma grande perspicácia, inteligência, habilidade e raciocínio rápido. No entanto, enquanto uma faz parte de um círculo social de alto escalão, outro vem de um núcleo bem mais humilde e se torna um grande criminoso.

Mas, as motivações de Day não são tão maliciosas quanto parece. Na verdade, ele comete crimes contra a República, que é uma liderança totalitária e desigual. Altruísta, ele se empenha para proteger sua família, que, por sinal, acredita que está morto. Além disso, tenta ajudar os mais humildes marginalizados da sociedade. 

Ainda assim, com as ironias e brincadeiras em momentos desapropriados, ele se faz de cara durão, mas, a verdade é que ele é um garoto que as circunstâncias o levaram a ser o que é. Tende a ser o preferido de muitos fãs da série.

June, apesar de muito inteligente, cresceu num ambiente aristocrático e, sendo doutrinada desde pequena, acredita fielmente nos princípios da República e caminha para se tornar uma grande militar. Ela teve a maior nota registrada da Prova, um exame que determina todo o planejamento do futuro dos jovens.

Então, os dois adolescentes, com essas realidades adversas estão prestes a ser conectados por conta de um acontecimento: o irmão de June, Metias, um renomado capitão, é assassinado. E o principal suspeito é o Day!

Dessa forma, em meio a sua busca por vingança, June vai descobrir que a República esconde muitos segredos debaixo de seus tapetes e, junto ao Day, descobrirá o verdadeiro motivo que uniu a vida dos dois.

Com uma narrativa fluida, Marie desenvolve sua história de maneira agradável e cheia de reviravoltas.

2 – Prodigy: os opostos perto do caos

prodigy

Prodigy é o segundo livro na ordem da saga Legend. Este volume começa com os dois personagens centrais, Day e June, terminando sua viagem a Las Vegas. 

Day está muito ferido, mas antes de fugir para as colônias terão que resgatar 2 personagens importantes da história: o irmão de Day e Tess.

Day espera que, ao chegar em Las Vegas, eles consigam apoio dos Patriotas para resgatar os dois. Enquanto isso, June e Day, mesmo que sejam personalidades quase opostas, estão sempre juntos e cultivando uma relação de lealdade linda de se ver.

Marie Lu, em Prodigy, segue a mesma linha de desenvolvimento que no primeiro volume, com uma narrativa em primeira pessoa e que, a cada capítulo, alterna entre os pontos de vista dos dois protagonistas. Entretanto, a personalidade de cada um é tão bem definida e expressa na trama, que a autora não precisa apontar quem é que está falando em cada momento da história.

Um detalhe interessante sobre esse segundo livro é que ele amplia bastante o campo de visão do leitor com relação ao mundo futurístico de Lu. Pois, enquanto em Legend temos um bom foco no aspecto interior da República, em Prodigy temos uma percepção maior sobre o mudo do lado de fora dela.

A guerra entre a república e as colônias passa por momentos intensos e, além disso, soma-se a insatisfação populacional. Assim, em um cenário caótico, o sentimento de revolta vem crescendo muito e os cidadãos começam a pedir mudanças, pois estão cada vez mais intolerantes ao sistema governamental em vigência. Há indícios de uma grande revolução chegando!

Além de trazer um romance envolvente entre dois personagens super carismáticos, a série Legend entrega um enredo profundo, através de um universo denso e bem construído.

3 – Champion: do caos e da lenda surgirá um campeão 

Champion

Este é o terceiro na ordem dos livros da série Legend. Apesar de a escritora posteriormente ter publicado um outro livro para a saga, podemos considerar que Champion seja o desfecho da trilogia.

A terceira parte da narrativa começa exatamente 8 meses depois do triste final de Prodigy. Day e June têm uma relação complicada por tudo que já passaram, mas há um sentimento de lealdade mútua muito forte entre os dois que garante que eles ainda terão um grande caminho a percorrer juntos.

Após os acontecimentos no último livro, June ocupa uma posição de destaque no governo e Day, antes um dos maiores criminosos, agora é considerado um herói nacional.

A June, mesmo que não goste muito do ambiente político, por razões óbvias, sabe a importância de estar ali com sua admirável inteligência para ajudar a governar o frágil sistema. E Day sempre coloca à disposição suas habilidades nas frentes de batalha. Todavia, mesmo estando separados geograficamente grande parte do tempo, eles parecem estar sempre em perfeita sintonia.

Sempre que necessário, os protagonistas estão dispostos a deixar sentimentos e emoções em segundo plano para se unir em defesa da República que tanto lutaram para reformular e reerguer.

Como já conseguimos ver desde o livro anterior, o romance entre eles é bem complicado. Um sentimento  verdadeiro, mas que envolve muita mágoa e dor. As circunstâncias dessa união e o que um representa para o outro são fatores que impedem uma relação mais leve e alegre.

Porém, como eles são jovens maduros, não vão deixar que isso influencie na constante luta para proteger tudo aquilo que construíram até agora. E quando um vírus mortal surge e espalha o pânico pelas colônias temos a garantia de uma nova trama cheia de emoções e, novamente, as vidas de muitas pessoas estarão nas mãos dos protagonistas.

4 – Rebel: nunca subestime o rebelde

rebel

6 anos após a conclusão da sua trilogia, Marie Lu retorna ao seu fantástico mundo distópico, buscando entregar mais um pouco desse grande sucesso para o público.

Em Rebel, quarto volume na ordem dos livros da série Legend, o protagonismo, que antes era de Day e June, é dividido com Éden, irmão de Day (agora chamado sempre de Daniel pela autora).

Daniel é um famoso herói nacional e, por isso, o incômodo que seu irmão mais novo sente por estar sempre à sombra do garoto que salvou a República irá levar Éden a tomar decisões que culminarão em mais uma grande trama.

Depois de tantas histórias honrosas para contar, Daniel quer apenas uma vida de paz. Contudo, para seu desespero, seu irmão cresceu e pretende ir em busca de seguir seu próprio caminho. Essa busca pode colocar tudo a perder!

Ao participar de um evento ilegal, Éden acaba conhecendo um perigoso personagem: o Dominic Han, o que deve mudar totalmente as coisas para o jovem protagonista.

Ao entrar em contato com os planos do mal-elemento, Éden começa a pendular e, então, surgem dúvidas tóxicas em sua cabeça.

Mas, quando a coisa começar a ficar tensa, ele precisará de seu irmão Daniel para salvar a cidade. Então, os irmãos Wing terão de se entender e se unir como homens maduros.

Este livro adicional foi uma grande oportunidade que Marie Lu deu aos fãs da saga para matarem a saudade do icônico Day, um personagem que cativou muitos e muitos leitores.

Conclusão

Realmente, a série Legend é uma excelente recomendação de leitura, se considerarmos o sucesso que vem fazendo em número de vendas e o bom feedback do público.

Bom, espero que esse artigo tenha ajudado você com o que precisava. Se faltou alguma informação que você acha que seria útil, deixe aqui nos comentários. Assim você nos ajuda a enriquecer nosso conteúdo.

Gostou de conhecer a ordem dos livros da série Legend? Veja outros posts recentes do blog!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.