Qual a Ordem dos Livros de O Guia do Mochileiro das Galáxias?

Com mais de 15 milhões de exemplares vendidos, a saga de Arthur Dent pela Galáxia conquistou fãs pelo mundo inteiro. Com se humor ácido e aventuras nonsenses, os livros se tornaram ícones de uma geração e seguem fascinando leitores de todas as idades e agora volta às rodas de conversa com a confirmação da nova série do canal Hulu. Previsto para 2022 a produção está sendo muito aguardada pelos fãs e crítica, tanto que, antes mesmo da estreia, a série foi renovada para segunda temporada. Muita gente, no entanto, quando houve falar da série acha que se trata apenas de um livro, mas na verdade são 7. Veja nesse texto a ordem dos livros de O Guia do Mochileiro das Galáxias e conheça mais sobre a saga que revolucionou os livros de ficção científica.

Mas o que é O Guia do Mochileiro das Galáxias?

Começou como um programa de comédia de rádio, transmitido 1978, fez grande sucesso, e adaptado para quadrinhos, programa de TV, jogo de computador, filme e cinco livros.

Escrito por Douglas Adams, que foi um comediante e escritor nascido em 1952, fez sucesso primeiramente no rádio e só depois lançou o primeiro voluma da ordem de livros de O Guia do Mochileiro das Galáxias.

Douglas faleceu em 2001, aos 49 anos, deixando um legado de fãs que vão desde criança até os mais velhos. Seu falecimento originou o dia da Toalha, movimento que acontece no dia 25 de maio no mundo todo geralmente trazendo ações relacionadas à saga.

Veja abaixo a ordem dos livros de O Guia do Mochileiro das Galáxias. É importante notar que os livros chamados E tem Outra Coisa e O salmão da dúvida são livros póstumos, o primeiro escrito por escrito por Eoin Colfer após a morte de Douglas e o segundo publicado com rascunhos encontrados no computador do próprio Douglas Adams. É importante ressaltar, que por serem os livros originais, geralmente os 5 primeiros são tratados como a saga completa (chamados de trilogia de cinco livros), como por exemplo nessa coletânea.

O Guia do mochileiro das Galáxias

o guia do mochileiro das galáxias

Esse é o primeiro volume da ordem de livros de O Guia do Mochileiro das Galáxias e é nele que duas das grandes referências da série são apresentadas: a Tolha e o número 42.

A história se inicia com Arthur Dent, que está com seu amigo Ford Prefect em um bar e acaba embarcando em uma nave alienígena e vê a Terra explodir.

Antes de embarcar, Ford que sempre carregava sua toalha, deu o primeiro e mais importante ensinamento dos mochileiros: Sempre leve uma toalha.

A toalha é o objeto obrigatório para qualquer viajante, pois ela pode servir de agasalho, de travesseiro, de canga, usá-la como arma e sempre que você estiver com uma toalha, automaticamente as pessoas pensarão que você é um mochileiro preparado.

Ford se passava por humano, mas na verdade é do planeta Betelgeuse e estava preso na Terra há 15 anos editando o Guia do Mochileiro das Galáxias.

A bordo da Nave dos Vorgons (os valentões do universo), os amigos são jogados pela escotilha e salvos exatamente no tempo em conseguiriam sobreviver.

Quem os resgatou foi Zaphod, primo de Ford, Presidente da Galáxia e Trillian, terráqueo que fugira da terra há seis meses e Marvin o robô depressivo e paranoico, todos a bordo da nave roubada Coração de Ouro.

O grupo viaja em busca do planeta Magrathea, que os ataca com mísseis, mas que graças a improbabilidades improvável são transformados em petúnias e baleias.

Ao chegar no planeta, Arthur descobre que os Magratheanos construíram a terra a mando dos Ratos, que usaria os seres humanos em experiências e também descobre o Pensamento Profundo, computador criado há milhões de anos para responder à pergunta: “Qual o significado da vida, do universo e de tudo”.

O computador demorou sete milhões e meio de anos para encontrar a resposta que foi: 42.

Os ratos descontentes com a resposta, querem criar a Terra 2, mas sem a matéria prima necessária eles resolvem criar a sua própria pergunta: “Quantos Caminhos Um Homem Deve Percorrer”?

O restaurante do fim do universo

O restaurante do fim do universo

Esse é o segundo volume da ordem de livros de O Guia do Mochileiro das Galáxias

Os ratos haviam criado a terra para formular a pergunta para a resposta 42, mas foi destruída antes de cumprir seu propósito.

Durante uma perseguição pelos Vorgons, a nave coração de ouro sofre uma pane, causada pela insistência de Arthur por um chá.

Zaphod invoca seu bisavô, que conta para Zaphod que seu cargo como Presidente da Galáxia não tem sentindo e que ele precisa desbloquear parte do seu cérebro, que foi bloqueado como meio de proteção.

Zaphod e Marvin aproveitam que a nave está travada para irem até a Ursa Menor, planeta onde foi publicado o Guia do Mochileiro das Galáxias para falar com Zarniwoop, que trabalha no escritório do guia.

O escritório é atacado por soldados do planeta Frogstar B e transportados até o seu planeta. Zaphod entra em um vórtice que avalia a significância no universo, e consegue sair, mas descobre que estava o tempo todo em um universo artificial.

Zaphod e Zarniwood vão para a nave e viajam em direção ao Restaurante do fim do Universo, lugar onde a atração é o fim do universo e a comida se oferece para você. Marvin foi esquecido no planeta Frogstar B, mas consegue achar um caminho para o restaurante.

Ford conhece um astro do Rock e o grupo resolve roubar uma nave, que não sabiam, mas fazia parte do show do astro. A nave roubada era programada para ir até o sol, Marvin tenta controlar manualmente, mas não tem sucesso e voltam milhões de anos no passado.

Ford e Arthur estão em uma nave encalhada em planeta desconhecido.

Zaphod, Zarniwood e Trillian se materializam na Coração de Ouro, e seguem a rota para visitar o Governante do Universo, que eles descobrem que não quer ser o Governante do Universo.

Zardiwood fica frustrado e permanece com o Governador enquanto Zaphod e Trillian partem em sua nave.

O grupo se divide, Ford e Arthur vão para uma nave encalhada que tem 15 milhões de pessoas Golfafrinchan congeladas, que foram enganadas achando que iriam povoar um novo planeta. Zarniwood, Zaphod e Trilian vão em busca do Governante do Universo, quem não gosta do cargo, frustrando os amigos que esperavam encontrar alguém diferente.

Zarniwood resolve ficar junto com o Governante enquanto Trilian e Zaphod zarpam dali.

Arthur e Ford percebem que estão na Terra, e ficam frustrados ao verem que os Golfafrinchans, que são ancestrais dos humanos, não criaram nada de útil até então.

O povo primitivo tenta soletrar 42, e faz com que Arthur e Ford entendam eles fazem parte do computador destinado a determinar a resposta para a Pergunta Final.

A Vida, O Universo e Tudo Mais

A Vida, O Universo e Tudo Mais

Esse é o terceiro volume da ordem de livros de O Guia do Mochileiro das Galáxias

Já se passaram cinco anos desde que Arthur e Ford chegaram na Terra antiga, tendo que conviver com a população inútil de ancestral humano.

Ford consegue um jeito de escapar e eles são transportados para milhões de anos no futuro, exatamente dois dias antes da Terra ser explodida pelos Vogons.

Em meio a uma partida de críquete, Arthur e Dent encontram Slartubarfast que os leva em sua nave movida por comportamento irracional e descobrem que toda a vida inteligente no universo está em perigo.

A civilização Krikkit achou durante milhares de anos que vivia sozinha no universo. Quando uma nave espacial aterrissou em seu planeta, eles ficaram chocados e decidiram aniquilar toda a vida existente no universo.

Eles desenvolveram tecnologia militar fortíssima e deram início a Guerra Krikkit.

O planeta Krikkitprecisou ser contido, e foi então trancando em um envelope de tempo. Alguns soldados conseguiram escapar e estão tentando achar um meio de libertar o planeta.

Arthur descobre que dentro da nave Coração de Ouro existe uma chave que liberta o planeta Krikkit e voltam para a nave reencontrando, Zaphod e Marvin.

Marvin consegue convencer alguns robôs a ajudar na busca pela chave. Todas as tentativas do grupo foram infundadas, e após uma série de decepções eles decidem ir até Krikkit e tentar acabar com a guerra por lá.

Chegando em Krikkit, para a surpresa de todos, Trilian que havia saído do grupo para se tornar jornalista, estava lá reportando a guerra e contou que boa parte da população não fazia ideia das guerras e que era apenas um grupo robôs de rebeldes e militares que viviam no céu do planeta que declarou guerra.

Robôs estes que estavam extremamente deprimidos e cansados da guerra. Quando foram construídos por Hactar, que está por trás da origem da guerra, e esses robôs usaram partes do processador de Marvin, o que explica a depressão.

Arthur, Zaphod, Ford, Trilian e Marvin, com a ajuda dos robôs consegue conter o grupo e por fim na guerra.

Até mais, e obrigado pelos peixes

até mais, e obrigado pelos peixes

Esse é o quarto volume da ordem de livros de O Guia do Mochileiro das Galáxias

De carona no carro de Russel e sua irmã Fenny, Arthur está de volta para Terra, mesmo incrédulo, ele percebe que tudo está exatamente do mesmo jeito, que aparenta ter passado apenas alguns meses desde a sua partida.

Arthur encontra um aquário em sua casa, algo que antes não havia, com o bilhete: “Até mais, e obrigado pelos peixes”.

Na tentativa de achar seu esconderijo de milhões de anos atrás, Dent compra um computador e começa a pesquisar. Coincidentemente Arthur acha o local e por mais coincidência ainda o lugar hoje é a casa de Fenny (que na verdade é Fenchurch).

Fenny que apareceu rapidamente no primeiro livro prevendo os acontecimentos e enlouquecendo, agora ganha destaque na saga.

Eles se apaixonam loucamente e Arthur descobre que ela pode voar e ficam fazendo piruetas no ar, assustando toda a população.

Depois da animação de voltar para Terra, se apaixonar e voar, Arthur começa a refletir sobre o que de fato aconteceu.

Como a terra explodiu e agora está normal? Qual o papel dele e de Fenny nessa história? O que aconteceu com os golfinhos?

Em busca de responder essas questões, Arthur acha um homem no Estados Unidos que parece saber do paradeiro dos golfinhos, o Wonko.

O casal foi até Wonko e descobriram que ele era um louco que não falava coisa-com-coisa, mas ele também tinha um aquário que aparecera do nada, igual ao de Arthur e de Fenny. Wonko pede para Arthur colocar o ouvido no aquário e ele então começa ouvir um chiado indecifrável.

Arthur começa a pesquisar e descobre que os golfinhos eram uma raça superior que abandonaram a terra pouco antes da explosão.

Ford volta para Terra para terminar sua edição do Guia do Mochileiro das Galáxias,

Trilian reaparece e conta para Arthur que roubou seu espermatozoide e agora tem uma filha.

Arthur e Fenchurch encontram uma nave esquecida por um visitante em saem pelo universo.

Em um planeta muito parecido com a Terra, eles encontram Marvin, que está mais deprimido e abandonado que nunca. Marvin pede a eles que o ajude a subir uma motanha e para conseguir ler a mensagem de Deus.

Fenny, Arthur e Marvin sobem a montanha, quando chegam ao topo descobrem que tinha elevadores e conseguem ler a mensagem de Deus “Nos desculpamos pelo inconveniente”. Marvin por fim acaba morrendo e o livro acaba assim.

Praticamente Inofensiva

Praticamente Inofensiva

Esse é o quinto volume da ordem de livros de O Guia do Mochileiro das Galáxias. Ele começa com os Grebulons, que são um povo que vive em nave lenta e sequestraram Trillian.

Trillian agora estava sozinha com sua filha em uma terra distante pois perdeu a oportunidade de viajar com Zaphod.

A vida de Arthur também não está fácil, após perder Fenny/Fenchurch em uma viagem, Arthur está triste e deprimido e procurando desesperadamente um novo lugar para morar.

Ford descobre que estão construindo uma versão nova do Guia Do Mochileiros das Galáxias que supostamente muda a realidade de quem o ler, e invade o prédio e rouba o livro, enviando para Arthur porque sabia que ele não abriria o pacote.

Arthur conhece sua filha com Trillian, e resolve passar um tempo com ela. Random, a filha é uma garota chata e problemática que abre o pacote enviado por Ford e muda a realidade de todos, fazendo com que todo mundo more na terra onde Trilian mora.

Uma série de desastres começa a acontecer, e dessa vez não só a terra está sendo ameaçada, mas sim todo o universo.

E tem outra coisa

E tem outra coisa

Esse é o sexto volume da ordem de livros de O Guia do Mochileiro das Galáxias.

Seguindo o estilo inconfundível de Douglas Adams e fazendo diversas referências aos cinco volumes da trilogia original, Eoin Colfer resgata os personagens mais icônicos da galáxia.

Note: Esse é um livro póstumo, e deve ser interpretado como uma homenagem à série original ou uma fanfic e não faz parte da “trilogia original”

Nesse livro, nossos personagens estão vendo o fim terrível da Terra e buscando um recomeço em uma colônia de humanos milionários que conseguiram fugir antes do planeta ser destruído. Para chegar lá é preciso lidar com Beeblebrox, o deus Thor e o alienígina Wowbagger em meio a muitas peripécias.

O salmão da dúvida

O salmão da dúvida

Esse é o sétimo volume da ordem de livros de O Guia do Mochileiro das Galáxias.

O Salmão da Dúvida é um livro póstumo feito com textos encontrados no computador de Adams, e deve ser encarado como uma homenagem e não como uma continuação da obra em si.

Nele você irá encontrar dez capítulos hilários do novo romance do detetive Dirk Gently, um conto protagonizado pelo alienígena Zaphod Beeblebrox ainda jovem, além de histórias pessoais, entrevistas, lembranças de infância, divagações sobre filosofia, sobre Deus, sobre a vida, o universo e tudo mais.

Gostou de conhecer a ordem de livros de O Guia Do Mochileiro das Galáxias? Veja outros textos recentes do blog!

Crédito de imagem: Image by Benjamin Balazs from Pixabay

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.