livros de romance

Melhores Livros de Romance: 30 Obras Que Você Deve Conhecer!

Os livros de romance desempenham um papel importante na literatura e na cultura popular. Eles exploram temas universais, como o amor, a paixão, a traição e a redenção, e são capazes de conectar-se profundamente com seus leitores. Estes livros também são importantes porque ajudam a refletir sobre as emoções humanas e a compreender as motivações e comportamentos das pessoas em relacionamentos amorosos. Neste texto, fizemos uma seleção com os 30 melhores livros de romance para deixar seu coração quentinho.

Inegavelmente, há algumas histórias de romance que intrigam o mundo há centenas de anos. Outras são lançadas e, como pólvora, se alastram rapidamente e explodem para serem conhecidas por todo mundo. Viram febre. São amadas e odiadas.

Abaixo, apresento uma curadoria com os melhores livros de romance para mostrar a você grandes histórias de amor que me envolveram e me ajudaram a cultivar o amor pela literatura. Deste modo, terminar uma leitura prazerosa com o coração quentinho (lembrando que esta é uma tarefa subjetiva, já que o gosto pessoal varia de pessoa para pessoa).

➜ Caso esteja gostando de conhecer nossa lista de melhores livros de romance para aquecer o coração, convido para se inscrever nas nossas redes sociais, Canal do Youtube, Instagram e Canal do Telegram, para acompanhar textos como esse em primeira mão. Além disso, saiba que, ao adquirir algum livro pelos links e botões dentro do texto, você ajuda o nosso blog.

1 – O Morro dos Ventos Uivantes (Emily Bronte)

Classificação:

o morro dos ventos uivantes melhores  livros de romance

O Morro dos Ventos Uivantes é o único romance da escritora inglesa Emily Bronte. O livro é ambientado na sombria e desolada paisagem dos páramos de Yorkshire, na Inglaterra. Publicado em 1847, o romance conta a história das famílias Earnshaw e Linton, cujas vidas são entrelaçadas por eventos de amor, ódio, vingança e ruína ao longo de gerações.

A trama é narrada pela criada Nelly a um forasteiro, revelando os acontecimentos que moldaram o destino das famílias. Um dos personagens centrais é Heathcliff, um menino órfão acolhido pelos Earnshaw, que desenvolve uma paixão doentia por Catherine Earnshaw, filha do casal. A história acompanha o desenvolvimento de Heathcliff, seu desejo de vingança contra aqueles que o humilharam e suas ações sádicas e cruéis ao longo do tempo.

O romance de Brontë explora questões profundas sobre amor, redenção, e as consequências de nossas escolhas. A narrativa é marcada pela intensidade emocional e pela complexidade psicológica dos personagens, especialmente Heathcliff, cuja crueldade é contrastada com seu amor apaixonado por Catherine.

Com 368 páginas, recomendamos esta edição de luxo em capa dura da Editora Excelsior, traduzida por Fernanda Castro. Se você busca uma história rica com a chancela de ser um dos melhores livros romance de todos os tempos, O Morro dos Ventos Uivantes certamente é uma escolha fascinante.

2 – Um Amor Para Recordar (Nicholas Sparks)

Classificação:

Um Amor Para Recordar (Nicholas Sparks) - melhores livros de romance

Um Amor para Recordar é um livro emocionante que cativou muitos leitores desde sua publicação no Brasil. Nicholas Sparks, conhecido por suas histórias românticas, mais uma vez encantou os leitores com a narrativa envolvente de Landon Carter e Jamie Sullivan. A história retrata o poder transformador do primeiro amor e a jornada de amadurecimento dos protagonistas.

Jamie Sullivan, uma jovem considerada esquisita pelos colegas, se torna a improvável companheira de Landon Carter para o baile da escola. O relacionamento dos dois, inicialmente marcado por preconceitos e resistências, floresce em algo profundo e significativo. Sparks habilmente explora as nuances do amor juvenil, equilibrando humor e paixão em sua narrativa.

Com apenas 144 páginas, o livro consegue transmitir uma história comovente e fascinante que deixa uma marca duradoura nos leitores. O destaque fica para capacidade de Sparks de capturar a força e a fragilidade do amor, bem como seu talento para tocar os corações dos leitores, o que o transforma em um dos melhores livros de romance já escritos. 

Se você está em busca de uma história romântica que vai mexer com suas emoções e deixar uma impressão duradoura, Um Amor para Recordar certamente é uma excelente escolha.

3 – Cem Anos de Solidão (Gabriel García Márquez)

Avaliação:

cem anos de solidao

Cem Anos de Solidão, de Gabriel García Márquez, é uma obra-prima da literatura que encanta leitores há décadas desde sua publicação em 1977. Neste romance, Márquez narra a saga da família Buendía-Iguarán e o maravilhoso universo da fictícia Macondo, onde se desenrola a história.

Ao longo das páginas deste clássico, testemunhamos as incríveis e por vezes trágicas aventuras das diversas gerações dos Buendía, assim como a ascensão e queda do vilarejo de Macondo. Márquez utiliza uma narrativa envolvente e mágica para criar um mundo rico em detalhes e personagens fascinantes.

A obra é interpretada como uma enciclopédia do imaginário, onde realidade e fantasia se mesclam de forma sublime. Márquez, com sua prosa poética e estilo único, transporta os leitores para um universo onde milagres, fantasias e dramas se entrelaçam de maneira inesquecível.

Apesar de considerar O Outono do Patriarca como sua preferência pessoal, Márquez reconhecia a grandiosidade de Cem Anos de Solidão. Ele costumava dizer que todo grande escritor está sempre escrevendo o mesmo livro, e para ele, esse livro era o da solidão.

Com 448 páginas, esta edição em português traduzida por Eric Nepomuceno proporciona aos leitores uma imersão completa neste clássico da literatura latino-americana. Seja pela riqueza de sua narrativa, pela profundidade de seus personagens ou pela sua capacidade de nos fazer refletir sobre a condição humana, Cem Anos de Solidão continua a ser um dos melhores livros de romance para se ter em sua prateleira.

4 – Anna Kariênina (Lev Tolstói)

Avaliação:

anna karienina

Anna Kariênina é um romance escrito por Lev Tolstói que é considerado como um dos melhores livros de romance da história e um dos mais importantes livros da literatura russa. A história segue a vida da aristocrata Anna Kariênina, que se apaixona pelo jovem oficial de cavalaria Count Vronsky. No entanto, a sociedade rigorosa da época condena a relação extraconjugal e, como resultado, Anna enfrenta uma luta constante para equilibrar seu amor por Vronsky e sua lealdade ao marido e à filha.

Este é considerado um excelente livro de romance porque retrata a paixão apaixonada de uma maneira realista e profunda. A escrita de Tolstói é rica e detalhada, permitindo que o leitor se conecte profundamente com os personagens e a história. Além disso, a obra aborda temas universais, como o amor, a fidelidade e a luta contra a opressão social, tornando-a relevante para gerações de leitores. Anna Karenina é uma obra-prima de romance que captura a essência da paixão e inspira reflexão profunda sobre questões humanas universais.

Com 808 páginas, esta edição em português, publicada pela Companhia das Letras, oferece aos leitores uma oportunidade de mergulhar nesta obra monumental da literatura mundial. Anna Kariênina é uma história que continua a fascinar pela sua profundidade psicológica, sua riqueza de detalhes e sua capacidade de capturar a complexidade da vida humana.

5 – A Culpa é das Estrelas (John Green)

Avaliação:

a culpa é das estrelas melhores livros de romance

A história que virou filme de A Culpa é Das Estrelas está em quinto lugar na nossa lista de Melhores Livros de Romance. Nessa história encantadora, dois adolescentes (Hazel e Augustus) se encontram em uma casa de apoio para crianças com câncer.

O amor dos dois se desenvolve juntamente na luta contra a doença. Dessa forma, é uma história que atinge em cheio nosso âmago e mistura tristeza, romance e uma incrível vontade de viver a vida!

Durante a história, Augustus está sempre incentivando Hazel a ir atrás de seus sonhos. Assim que o adolescente descobre a admiração de Hazel pelo livro Uma Aflição Imperial, de Peter van Houten, e ajuda a proporcionar um encontro entre a jovem e o autor para descobrir o fim não contado de seu livro.

Hazel, que está debilitada pelo tratamento de seu câncer, descobre na viagem que a doença de Augustus voltara. O fim é emocionante e nos faz dar valor às pequenas coisas da vida.

Publicado pela Editora Intrínseca, este best-seller emocionante continua a encantar leitores desde sua publicação no Brasil em 2014. Com seu estilo único e sua capacidade de capturar as nuances da experiência humana, John Green solidificou seu lugar como um dos autores contemporâneos mais aclamados.

6 – Orgulho e Preconceito (Jane Austen)

Avaliação:

orgunlho e preconceito

Orgulho e Preconceito é a obra-prima de Jane Austen e aparece em sexto lugar na nossa lista de melhores livros de romance, provando mais uma vez que ainda há espaço para os clássicos nas estantes das pessoas e que a sua leitura ainda agrada a muitas delas. A história de Orgulho e Preconceito gira em torno das cinco irmãs Bennet, que viviam na área rural do interior da Inglaterra, no século XVIII. No desenrolar da trama, destaca-se Elizabeth.

Todas as filhas recebem pressão para se casar e Elizabeth também sente essa pressão na pele. Então ela conhece o Sr. Darcy, e já é possível perceber no livro que eles aos poucos começam a se apaixonar. Mas a diferença de classe sociais parece ser um impedimento para que o amor deles possa se desenvolver. Além disso, o Sr. Darcy tem uma personalidade excessivamente reservada. E Elizabeth o acha arrogante e inescrupuloso.

Dessa forma o amor entre os dois convive com essas diferenças, desconfianças e preconceitos, trazendo um belo retrato da época em que viviam.

Publicada pela Editora Principis em junho de 2019, esta edição mantém o charme e a relevância do clássico original, proporcionando aos leitores uma oportunidade de se deliciarem com a magistral narrativa de Austen.

7 – Romeu e Julieta (William Shakespeare)

Avaliação:

melhores livros de romance romeu e julieta

Romeu e Julieta é uma obra-prima escrita por William Shakespeare que é amplamente considerada um dos melhores romances da história. A tragédia conta a história de dois jovens apaixonados, Romeu e Julieta, de famílias rivais em Verona, Itália. Embora eles sejam impedidos de ficar juntos devido à hostilidade entre suas famílias, eles se unem em segredo e se apaixonam cada vez mais profundamente. No entanto, a trama fatal e as circunstâncias trágicas levam ao final triste e trágico dos dois amantes.

Romeu e Julieta é considerado um excelente livro de romance porque retrata o amor apaixonado de uma maneira verdadeira e poderosa. A paixão intensa e a fidelidade dos dois personagens principais são emocionantes e inspiradores, e a escrita de Shakespeare é poética e envolvente. Além disso, a obra aborda temas universais, como a luta contra a opressão social e a busca por liberdade, que ainda são relevantes hoje em dia. Em suma, Romeu e Julieta é uma obra-prima de romance que toca o coração e a alma e inspira gerações de leitores.

8 – O Amor Nos Tempos do Cólera (Gabriel Garcia Márquez)

Avaliação:

O Amor Nos Tempos do Cólera (Gabriel Garcia Márquez)

O Amor nos Tempos do Cólera é um romance escrito pelo renomado autor colombiano Gabriel García Márquez. Foi publicado originalmente em 1985 e é uma das obras mais conhecidas do autor, que ganhou o Prêmio Nobel de Literatura em 1982. A história se passa em uma cidade costeira do Caribe colombiano e abrange um período de mais de 50 anos.

O romance é centrado em torno da história de amor entre Florentino Ariza e Fermina Daza. Eles se apaixonam quando são jovens, mas devido a circunstâncias familiares e sociais, Fermina Daza acaba se casando com outro homem, o Dr. Juvenal Urbino. No entanto, a paixão de Florentino Ariza por Fermina Daza nunca diminui, e ele espera por décadas para finalmente conquistar o coração dela.

Enquanto a história de amor é o fio condutor do romance, o livro também explora uma série de temas, como a passagem do tempo, a mortalidade, a condição humana e as complexidades das relações amorosas. Além disso, o cenário e os personagens criados por Gabriel García Márquez são ricos em detalhes e cores, como é característico de sua obra, e refletem a cultura e a sociedade colombianas.

Dessa forma, O Amor nos Tempos do Cólera é considerado um dos grandes romances do século XX e é amplamente elogiado por sua prosa poética e pela profundidade de suas personagens. É uma leitura cativante que oferece uma visão rica da condição humana e do amor duradouro.

9 – Pachinko (Min Jin Lee)

Avaliação:

Pachinko melhores livros de romance

Pachinko é um romance escrito por Min Jin Lee, uma autora coreana-americana, que foi publicado em 2017. O livro conta a história de várias gerações de uma família coreana que vive no Japão, abrangendo um período que se estende desde o início do século XX até o final do século XX.

A trama começa com Sunja, uma jovem coreana que se envolve romanticamente com um homem rico e poderoso chamado Hansu, mas acaba casando-se com um pastor cristão chamado Isak, que oferece a ela uma vida mais estável. Após o casamento, Sunja e Isak mudam-se para o Japão, onde enfrentam uma série de desafios devido à discriminação e ao preconceito enfrentados pelos coreanos na sociedade japonesa.

Ao longo do romance, acompanhamos não apenas a vida de Sunja, mas também a de seus filhos e netos, cada um lidando com suas próprias lutas e questões de identidade em meio às tensões entre o Japão e a Coreia.

O título do livro, Pachinko, refere-se a um jogo de azar muito popular no Japão, que serve como uma metáfora para a vida dos personagens, marcada por altos e baixos, sorte e azar, mas também pela resiliência e determinação para enfrentar os desafios.

Pachinko possui uma narrativa envolvente, personagens complexos e pela forma como aborda temas como imigração, identidade, preconceito e as consequências históricas das relações entre Japão e Coreia. O livro oferece uma perspectiva única sobre a experiência da diáspora coreana no Japão e as lutas enfrentadas por essa comunidade ao longo do tempo.

Dessa forma, fica esse livro sempre estará nas minhas recomendações especiais para ler no ano.

10 – Bridgerton: O Duque e Eu (Julia Quinn)

Avaliação:

o duque e eu melhores livros de romance

O Duque e Eu aparece em décimo lugar na nossa lista de melhores livros de romance. Esse é o primeiro livro da série Os Bridgertons de Julia Quinn, autora com mais de 8 milhões de exemplares vendidos, cuja obra foi levada à NETFLIX com estrondoso sucesso.

A história de época gira em torno de Daphne Bridgerton e Simon Basset (o irresistível duque de Hastings). Basset passara anos viajando pelo mundo, era rico, bonito, solteiro (e todos os outros clichês que se pode esperar nesse tipo de romance). Porém, ele está irredutível na ideia de nunca se casar.

Simon, então, tem a brilhante ideia de fingir que corteja Daphne, a irmã mais nova de seu melhor amigo (em comum acordo com ela). Assim, ele se livraria dos assédios de outras pretendentes e ainda ajudaria a irmã do amigo a arranjar um marido (já que se um duque se interessava por ela, isso despertaria a curiosidade de todos os outros também).

Porém, quando essa farsa vai se desenrolando, Daphne começa a se deixar seduzir e esquecer a cada dia que aquilo era uma mentira, até que em determinado ponto ela está tão envolvida que se vê apaixonada por um homem que quer tudo na vida, menos casar-se.

Essa história envolvente e eletrizante não poderia deixar de estar na nossa lista de melhores livros de romance.

11 – Os Sete Maridos de Evelyn Hugo (Taylor Jenkins Reid)

Avaliação:

os sete maridos de Evelyn Hugo resenha

Os Sete Maridos de Evelyn Hugo é um romance escrito por Taylor Jenkins Reid e é amplamente aclamado por seu enredo cativante e personagens complexos. A história gira em torno de Evelyn Hugo, uma famosa atriz que conta a sua história de vida a uma jornalista chamada Monique.

Embora a história não seja estritamente um romance tradicional, pois explora a vida de uma icônica estrela de cinema, o tema central é a vida amorosa da atriz. Evelyn revela detalhes de seus sete casamentos e os segredos que cercaram sua carreira e vida pessoal.

Dessa forma, história segue a vida de Evelyn Hugo, uma estrela de Hollywood icônica, e sua jornada ao longo de sua carreira e vida amorosa. O romance explora temas de amor, relacionamentos, identidade e autenticidade. Já a narrativa alterna entre o presente, em que Evelyn conta sua história a uma jovem jornalista, e o passado, revelando os detalhes de sua vida e seus sete maridos.

O livro é excepcional porque aborda temas complexos como a busca por amor verdadeiro, a luta por igualdade e justiça, e o impacto da fama e da sociedade nas relações amorosas. Além disso, a escrita é envolvente e poética, criando uma conexão emocional profunda com a história e os personagens. A narrativa também apresenta reviravoltas surpreendentes e uma riqueza de detalhes que mantêm o leitor preso até o final. Em resumo, Os Sete Maridos de Evelyn Hugo é um livro de romance envolvente, emocionante e profundo que capta a essência do amor e da humanidade.

12 – Como Eu Era Antes de Você (Jojo Moyes)

Avaliação:

como eu era antes de você livro de romance

Como Eu Era Antes de Você com certeza é uma ótimo pedida se você gosta de livros de romance. O livro que virou filme conta a história de Louisa Clark que mora com os pais, um sobrinho e um avô que precisa de cuidados e trabalha como garçonete em um café. Ela namora Patrick, um rapaz mais focado nos esportes do que na relação dos dois.

Em determinado momento, Louisa é obrigada a procurar outro emprego e passa a ser cuidadora de um tetraplégico: Will Traynor, 35 anos.

Will está preso em uma cadeira de rodas por ter sofrido um acidente de moto. Assim, pela mudança imposta pelo acaso, Will passa a se transformar em um cara amargurado e frio e desconta seu desgosto com a vida em quem está por perto.

Dessa forma, história vai se desenvolvendo até que Lou descobre que Will era um optante pela eutanásia, e só estava aguardando um prazo específico para se submeter ao procedimento. Assim, a protagonista decide que vai proporcionar momentos incríveis para Will para que ele desista da ideia.

A relação deles começa a se desenvolver de uma forma envolvente, sendo que Will passa pouco a pouco a parecer curtir a vida novamente e, claramente, uma relação romântica começa a se desenhar.

Will, no entanto, parece irredutível em abrir mão de sua decisão já tomada!

13 – Dom Casmurro (Machado de Assis)

Avaliação:

dom casmurro

“Dom Casmurro” é um clássico da literatura brasileira escrito por Machado de Assis, lançado em 1899. Pertencente ao movimento literário do Realismo, o romance é uma das obras mais famosas do autor e uma das mais aclamadas da literatura nacional. Talvez a mais importante das obras brasileiras já publicadas, Dom Casmurro também figura na nossa lista de melhores livros de romance.

A história gira em torno do narrador-personagem Bentinho, que relembra sua vida desde a infância até a idade adulta. Ele narra suas memórias, especialmente seu amor por Capitu, sua amiga de infância e posterior esposa. O enredo é permeado por dúvidas e questionamentos sobre a fidelidade de Capitu, especialmente em relação à paternidade de seu filho, Ezequiel. O título Dom Casmurro faz referência ao apelido dado ao protagonista Bentinho na velhice, sugerindo sua reclusão e melancolia. A trama é marcada por reflexões sobre ciúme, traição, amor e amizade, apresentando uma narrativa complexa e envolvente.

Capitu é caracterizada na obra como tendo “olhos de ressaca”, significando uma certa desconfiança em relação à ela. Durante toda a obra, a narração de Bentinho coloca elementos de ambiguidade, fazendo com que o leitor ora concorde que ela estava o traindo, ora duvide a acredite que seja tudo invenção da cabeça dele.

A insegurança perdura durante toda a obra, gerando discussões por mais de um século sobre se Capitu teria ou não traído o marido. Essa discussão foi inspirada nas similaridades com a obra Otelo, de William Shakespeare.

14 – Heartstopper (Alice Oseman)

Avaliação:

heartstopper

Heartstopper é uma série de livros em quadrinhos escrita e ilustrada por Alice Oseman. A série segue a história de um romance entre Charlie, um estudante de escola secundária tímido e inseguro, e Nick, um atleta popular e charmoso. À medida que Charlie e Nick se aproximam, eles precisam lidar com as pressões da escola, da sociedade e de suas próprias inseguranças, enquanto desenvolvem uma ligação profunda e apaixonada.

Esse é considerado um excelente livro de romance porque retrata o amor LGBTQIA+ de uma maneira verdadeira e positiva. A história é sensível e acessível, e aborda questões importantes, como a aceitação da sexualidade e a luta pela igualdade. Além disso, a escrita e as ilustrações de Alice Oseman são encantadoras e cativantes, permitindo que o leitor se conecte profundamente com os personagens. Dessa forma, Heartstopper é uma série de romance que inspira a aceitação e a esperança, e celebra o amor e a diversidade.

15 – Madame Bovary (Gustave Flaubert)

Avaliação:

madame bovary

Madame Bovary é um dos melhores romances já escritos, cujo autor é francês Gustave Flaubert. Foi publicado pela primeira vez em 1857, com o trágico enredo acontecendo na na França do século XIX. É considerado pelos críticos “O Romance dos Romances” (ainda bem que eu não sou crítico, apenas um curador de blog, então tomo a liberdade de colocar a obra em décimo quinto lugar na minha lista de Melhores Livros de Romance).

Pois bem, a história gira em volta do casal Emma e do médico Charles. Acontece que logo após o casamento, contrariando as expectativas românticas da moça, a vida fica pacata e cheia de tédio. Mesmo o nascimento da filha não anima a vida do casal.

Para tentar dar mais emoção à vida, Emma começa a ter relações extraconjugais, mas mesmo essas relações não são capazes de acender o fogo que ela queria dentro de si. Tudo isso traz um desfecho trágico para todos os envolvidos!

16 – Gabriela, Cravo e Canela (Jorge Amado)

Avaliação:

gabriela cravo e canela

O fantástico romance brasileiro de Jorge Amado, Gabriela, Cravo e Canela, também não poderia faltar na nossa lista de melhores livros de romance.

Em Gabriela, Cravo e Canela, Jorge Amado nos conduz por uma envolvente história de amor entre o sírio Nacib e a encantadora Gabriela, um dos mais cativantes personagens femininos de sua obra. Ambientado em meados dos anos 1920, o romance se desdobra nas ruas de Ilhéus, cidade em pleno desenvolvimento impulsionado pelas exportações de cacau.

Gabriela, com sua inocência sensual, não apenas conquista o coração de Nacib, mas também encanta uma série de homens locais, desafiando as convenções da época. Em um contexto onde a honra feminina era regida por normas rígidas, sua presença coloca em xeque a lei que exigia expiação por meio do derramamento de sangue em casos de adultério.

Lançado em 1958, o livro rapidamente conquistou sucesso global, sendo aclamado como uma obra-prima da literatura. Sua história ganhou vida na televisão, tornando-se uma das novelas brasileiras mais reverenciadas em todo o mundo.

17 – E o Vento Levou (Margaret Mitchell)

Avaliação:

E o Vento Levou é um romance épico de Margaret Mitchell que cativou leitores em todo o mundo desde sua publicação em 1936. Ambientado durante a Guerra Civil Americana e a Reconstrução, o livro segue a vida da teimosa e complexa Scarlett O’Hara, uma jovem sulista que enfrenta perdas devastadoras e desafios inimagináveis. Ao longo da narrativa, os leitores testemunham sua evolução, de uma mulher mimada a uma sobrevivente determinada, cuja força e ambição a tornam um ícone literário.

A história de amor entre Scarlett e Rhett Butler é um dos aspectos mais emblemáticos do romance. Rhett, um cavalheiro de maneiras ásperas e charme inegável, desafia as convenções sociais da época e compartilha um relacionamento tumultuado com Scarlett, cheio de paixão, desentendimentos e reviravoltas emocionantes. A química entre esses dois personagens é eletrizante, e sua relação é uma das mais memoráveis da literatura.

E o Vento Levou não apenas oferece uma visão profunda dos Estados Unidos durante um período histórico crucial, mas também explora temas como sobrevivência, amor, ambição e a natureza humana. Com uma prosa ricamente descritiva e personagens inesquecíveis, o romance de Mitchell permanece como um marco da literatura americana e uma janela fascinante para o passado turbulento do país.

18 – O Grande Gatsby (F. Scott Fitzgerald)

Avaliação:

o grande gatsby livro de romance

O Grande Gatsby, de F. Scott Fitzgerald, nos transporta para a efervescente década de 1920 nos Estados Unidos, apresentando-nos à Geração Perdida por meio da narrativa de Nick Carraway. Neste livro, somos imersos no extravagante mundo de Jay Gatsby, repleto de riqueza, festas e ilusões. Fitzgerald habilmente retrata a sociedade da época, explorando as nuances do sonho americano e as relações humanas superficiais que a permeiam.

Um dos pontos altos deste romance é a caracterização marcante de Gatsby, cuja obsessão por Daisy Buchanan, sua antiga paixão, conduz a trama. A busca de Gatsby pelo passado e sua construção de identidade em torno desse amor impossível acrescentam profundidade à história.

A linguagem vívida de Fitzgerald nos transporta para as festas deslumbrantes de Gatsby, enquanto nos conscientiza do vazio e da desolação por trás da fachada de opulência – uma reflexão da decadência moral e emocional pós-Primeira Guerra.

Em relação aos personagens principais, Fitzgerald tece uma tapeçaria emocionalmente rica, na qual Jay Gatsby personifica o desejo de pertencer a uma classe social superior, enquanto Nick Carraway atua como um observador moralmente consciente. Daisy Buchanan, com sua beleza sedutora, reflete as ilusões e dilemas emocionais da época, enquanto Tom Buchanan personifica a insensibilidade e a desconexão da elite social.

Publicada no Brasil pela Excelsior, essa edição de 224 páginas de O Grande Gatsby permite que os leitores desfrutem da narrativa atemporal de F. Scott Fitzgerald em um dos melhores livros de romance de todos os tempos.

19 – P.S. Eu Te Amo (Cecelia Ahern)

Avaliação:

ps eu te amo

P.S. Eu te amo é um romance escrito por Cecelia Ahern que narra a história de Gerry e Holly, que eram namorados desde a infância e planejavam ficar juntos para sempre. No entanto, quando Gerry morre inesperadamente, deixando Holly devastada, ela se vê perdida e sem rumo. À medida que seu aniversário de 30 anos se aproxima, Holly descobre um pacote de cartas deixadas por Gerry, nas quais ele a orienta gentilmente em sua nova vida sem ele.

Com o apoio de seus amigos e de sua família amorosa e barulhenta, Holly embarca em uma jornada de autodescoberta, onde aprende a rir, chorar, cantar, dançar e ser mais corajosa do que nunca. As cartas de Gerry se tornam uma espécie de guia para Holly enquanto ela tenta seguir em frente após a perda de seu grande amor.

O livro foi publicado no brasil em 2012 pela editora Novo Conceito. Com 368 páginas em português, esse é reconhecidamente um dos melhores livros de romance que cativa os leitores com sua narrativa emocionante e personagens envolventes.

20 – Uma Carta de Amor (Nicholas Sparks)

Avaliação:

uma carta de amor

Nossa lista de melhores livros de romance continua com Uma Carta de Amor de Nicholas Sparks. Este livro conta a história de Theresa Osborne que descobre uma notícia que vai lhe cortar o coração: ela estava sendo traída pelo marido. Assim, ela resolve se divorciar e, aos poucos, vai parando de acreditar no amor.

Cada vez mais amargurada, Theresa decide ir à Cape Cod para ter um tempo de autorreflexão. Quando estava caminhando pela praia, Theresa encontra uma mensagem escrita numa folha de papel dentro de uma garrafa: “Minha adorada Catherine, sinto a sua falta, querida, como sempre, mas hoje está sendo especialmente difícil porque o oceano tem cantado para mim, e a canção é a da nossa vida juntos.”

Essa mensagem vai tocar seu coração e ela parte em busca de Garrett, o misterioso autor. Posteriormente, a protagonista acaba por encontrá-lo em uma cidade litorânea da Carolina do Norte. Chegando lá ela encontra um Garrett ainda triste por um amor perdido.

Assim, essa união ao acaso vai despertar a nova esperança de amor para os dois em uma história comovente.

21 – Jane Eyre (Charlotte Brontë)

Avaliação:

Jane Eyre é um romance clássico escrito por Charlotte Brontë, publicado em 1847. A história é centrada na vida de Jane Eyre, uma jovem órfã que cresce em condições difíceis e se torna governanta na mansão Thornfield Hall, onde conhece o misterioso e enigmático Mr. Rochester.

A narrativa é uma jornada de autodescoberta para Jane, que é uma personagem corajosa e independente para sua época. Dessa forma, romance aborda temas como amor, moralidade, feminismo e a busca por identidade. O relacionamento entre Jane e Mr. Rochester é complexo e apaixonante, repleto de reviravoltas emocionantes.

Jane Eyre é conhecido por sua prosa cuidadosamente elaborada e por criar uma protagonista feminina forte e determinada. O livro é considerado uma obra-prima da literatura gótica e um dos romances mais importantes do século XIX. Ele continua a ser amplamente lido e estudado até hoje, e muitas adaptações cinematográficas e de televisão foram feitas com base na história. Se você gosta de romances clássicos com personagens cativantes e uma trama envolvente, Jane Eyre é uma excelente escolha.

22 – Amor & Gelato (Jenna Evans Welch)

Avaliação:

amor e gelato

Amor & Gelato é uma obra essencial em sua estante e em nossa lista dos melhores livros de romance.

Após a morte da mãe, Lina decide realizar o seu último pedido: ir até a Itália para conhecer o pai. Por isso, somos levados a conhecer a linda e romântica paisagem da Toscana. Ela está morando em uma casa localizada no mesmo terreno de um cemitério memorial de soldados americanos da Segunda Guerra Mundial, com um homem que nunca tinha ouvido falar. Apesar das belezas arquitetônicas, da história da cidade e das comidas maravilhosas, o que Lina mais quer é ir embora correndo dali.

Mas tudo muda quando ela recebe um antigo diário da mãe. Nele, a menina embarca em uma misteriosa história de amor, que pode explicar suas próprias origens. No meio de tudo isso, Lina ainda conhece Ren e Thomas, dois meninos lindos que vão mexer ainda mais com seu coração.

Assim, essas reviravoltas farão Lina conhecer mais de si mesma, descobrir o amor, e também aprender a lidar com a perda. Em Amor & Gelato embarcamos em uma deliciosa viagem pelos mais românticos pontos turísticos italianos, com direito a tudo de mais intenso que o lugar tem a oferecer: desde paixões até corações partidos.

23 – Teto Para Dois (Beth O’leary)

Avaliação:

teto para dois melhores livros de romance

Teto para Dois aparece em vigésimo terceiro lugar na nossa lista de melhores livros de romance para deixar o seu coração quentinho. A história começa com a busca de uma das protagonistas, Tiffy, que precisa sair do apartamento do ex-namorado (o qual já está com um novo casamento programado!).

Contudo. as buscas por um local adequado para morar não davam em nada, até que Tiffy encontra o anúncio de Leon – um enfermeiro que trabalha durante a noite.

Assim, o arranjo seria simples: Tiffy poderia utilizar o apartamento durante o período da noite e nos fins de semanas (nos quais Leon está na casa da namorada). Fato interessante: o local só tem uma cama!

Já que nunca se encontram, Tiffy e Leon começam a trocar recados por meio de post-its que colam ao redor da casa. Isso até que são obrigados a se encontrarem!

24 – A Seleção (Kiera Cass)

Avaliação:

A Seleção melhores livros de romance

A Seleção, de Kiera Cass, é uma história de romance que acompanha América Singer, uma garota nascida em Illéa, um país dominado pela exclusão social de um povo dividido em castas. Isso mesmo, cada cidadão tem um nível social que só pode ser mudado pelo casamento, onde cada casta tem uma profissão específica. Dessa maneira, quanto mais longe do 1, a realeza, mais pobres os cidadãos são. 

Então, de tempos em tempos, quando o príncipe herdeiro precisa se casar, é feito um concurso entre as jovens do país: a seleção. Assim, a vencedora tem o direito de se tornar a Rainha de Illéa casando com o príncipe. As tarefas que as jovens enfrentam são as mais diversificadas possíveis, sempre com a observação atenta do rei e da rainha. 

A autora cria uma história muito dinâmica com diversos volumes, com uma leitura gostosa e empolgante, digna dos melhores livros de romance.

25 – É Assim que Acaba (Colleen Hoover)

Avaliação:

e assim que acaba

É Assim que Acaba é um romance escrito por Colleen Hoover que narra a história de Lily, uma jovem que se muda para Boston e se envolve em um relacionamento turbulento com Ryle, um neurocirurgião confiante, atraente, porém com aversão a relacionamentos sérios. A obra explora a complexidade das relações tóxicas, destacando como o amor e o abuso muitas vezes coexistem em uma confusão de sentimentos.

A obra aborda temas sensíveis, como violência doméstica e abuso psicológico, explorando a complexidade das relações tóxicas e a força necessária para fazer escolhas difíceis em meio a situações desafiadoras. O livro recebeu grande reconhecimento e se tornou um sucesso de vendas, acumulando mais de um milhão de exemplares vendidos apenas no Brasil. O destaque fica pela coragem ao abordar temas delicados e por sua capacidade de envolver os leitores com uma história emocionante e impactante.

É Assim que Acaba é um importante livro de romance por abordar temas complexos e sensíveis, como violência doméstica e abuso psicológico, de forma sensível e direta. Colleen Hoover, autora do livro, apresenta uma narrativa poderosa sobre a força necessária para fazer as escolhas certas nas situações mais difíceis.

26 – Mil Beijos de Garoto (Tillie Cole)

Avaliação:

Mil Beijos de Garoto melhores livros romance 2022

Este livro de romance foi finalista do Goodreads Choice Awards em 2016 e marcou a estreia da escritora Tillie Cole na ficção young adult.

Em síntese, vamos acompanhar a história de Rune Kristiansen que retorna da Noruega para Blossom Grove, na Geórgia, após fazer dezessete anos. Ele só quer reencontrar Poppy Litchfield, uma garota que achava ser sua cara-metade e que tinha prometido esperar fielmente por seu retorno.

Mas os dois anos que os separaram parecem ter passado muito diferentes para os dois envolvidos…

27 – Amores Verdadeiros (Taylor Jenkins Reid)

Avaliação:

Amores Verdadeiros melhores livros de romance

Taylor Jenkins Reid realmente marca presença em nossa lista de melhores livros de romance. Em Amores Verdadeiros, vamos acompanhar a história de Emma Blair e Jesse, uma paixão do colegial. Os dois se casam, mas para o desespero dos seus pais, engajam-se em uma viagem ao redor do mundo, vivendo aventuras eletrizantes. 

Ao completar 1 ano de casamento, o helicóptero no qual Jesse estava sobrevoando o pacífico em uma dessas viagens desaparece sem deixar rastros e obriga Emma a tentar reconstruir a vida. 

Posteriormente, Emma começa um relacionamento com Sam, um cara fantástico. Mas, um dia Jesse é resgatado e quer voltar para a casa. Agora, com um marido e um noivo, Emma precisa descobrir quem ela é e o que quer (afinal, sua vida já havia caminhado e sentiu que ela e o marido já não se reconheciam mais um no outro). 

28 – O Verão Que Mudou Minha Vida (Jenny Han)

Avaliação:

o verão que mudou a minha vida melhores livros de romance

Os livros de romance da Trilogia Verão acompanham, do início ao fim, a vida de Belly que, dos 15 aos 24 anos, teve veraneios com um punhado de histórias para contar. Assim, podemos ver o processo de amadurecimento da protagonista em meio às mudanças, às aventuras, às paixões, decisões difíceis a serem tomadas, um triângulo amoroso…

Com uma trama leve, fluida, cativante e de muito veraneio, Jenny Han desenvolve uma narrativa muito agradável. Dessa forma, esse livro possui uma leitura perfeita para se saborear no verão, depois de um dia cheio e ensolarado, sentado(a) na varanda da casa no litoral! 

29 – Para Todos os Garotos Que Já Amei (Jenny Han)

Avaliação

para todos os garotos que já amei

Para Todos os Garotos Que Já Amei é o primeiro de três volumes de uma trilogia apaixonante que acompanha a vida de Lara Jean Song. A menina descendente de coreanos têm um hábito incomum: escrever cartas de amor para os garotos que já amou e guardá-las em uma caixa de chapéu que havia ganhado de sua mãe.

Sua vida vira de cabeça para baixo quando as cartas são misteriosamente enviadas para os destinatários e os seus segredos mais íntimos são revelados.

30 – Eu e Esse Meu Coração (C. C. Hunter)

Avaliação:

Eu e Esse Meu Coração

Eu e Esse Meu Coração é um romance jovem adulto escrito por C.C. Hunter que aborda temas de vida, morte, superação e, claro, romance. A história gira em torno de Leah MacKenzie, uma jovem de 17 anos que está enfrentando uma condição de saúde séria e está vivendo com um coração artificial enquanto espera por um transplante de coração. A trama se desenrola quando um doador compatível é encontrado, mas ele é um garoto da mesma escola de Leah, Eric, que supostamente se suicidou.

A partir desse ponto, a história se torna uma jornada emocional para Leah e Matt, irmão gêmeo de Eric, enquanto eles tentam descobrir a verdade sobre a morte de Eric e, ao mesmo tempo, desenvolvem um relacionamento. O mistério em torno da morte de Eric e os sonhos compartilhados por Matt e Leah acrescentam uma camada de suspense à narrativa, enquanto o romance entre os dois personagens principais se torna um elemento central da história.

Eu e Esse Meu Coração explora questões profundas de perda, aceitação, coragem e a importância de viver a vida ao máximo, mesmo quando enfrentamos desafios monumentais. É uma história comovente sobre encontrar amor e propósito em meio à adversidade e aprender a valorizar cada momento.

Gostou da nossa lista de melhores livros de romance? Confira também outros posts recentes no blog!

Foto de Ylanite Koppens

14 comentários em “Melhores Livros de Romance: 30 Obras Que Você Deve Conhecer!”

  1. Neila Cristina Bianchini

    Sou apaixonada por Nicholas Sparks! “Almas gêmeas”, seu mais recente romance, é pra mim o melhor de todos os que ele escreveu!
    E quanto à “Madame Bovary”…eu o coloco em 1° lugar na lista…seguido de Almas Gêmeas.

  2. Sugiro “Crônicas de Amor e Ódio” – Mary E. Pearson e a coleção “Perdida” – Carina Rissi; principalmente o volume 5 – “Desencantada”

  3. Sem sombra de dúvidas o melhor livro dessa lista é Dom Casmurro, Machado de Assis, como sempre, impecável em sua escrita e o ceticismo presente neste livro o deixa ainda mais empolgante. Sugiro O Corcunda de Notre-Dame, de Victor Hugo, sem dúvida um dos melhores livros do Romantismo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *