jovens de elite ordem

Jovens de Elite – Ordem dos livros dessa trilogia best-seller

Hoje vamos falar sobre um grande romance de fantasia da romancista Marie Lu. A autora, antes da publicação desta trilogia, já vinha se tornando muito conhecida entre os amantes do gênero por conta de sua obra Legend, que é um grande sucesso, considerada entre os leitores e a crítica internacional como uma das melhores obras de distopia já publicadas.

Bom, a partir desse fato, podemos ter uma ideia do grande potencial da autora chinesa, que, ao desenvolver a série de livros Jovens de Elite, não economizou nem um pouco do seu talento e, portanto, essa fantasia também entrou na lista de best-sellers do New York Times. Por isso, vamos falar um pouco sobre cada volume desta série em ordem.

Marie Lu é uma escritora de obras maravilhosas, mas, em especial, essas duas obras — Legend e Jovens de Elite — têm uma aceitação muito, muito boa, até entre os leitores mais críticos. E que, mesmo com o passar dos volumes, para a maioria, as histórias não ficam menos interessantes.

Confira abaixo a ordem dos livros da trilogia Jovens de Elite (há spoilers.)

1 – Jovens de Elite

Jovens de Elite

Damos início a ordem dos livros da trilogia Jovens de Elite. Este bestseller vem ganhando muita repercussão no meio literário, e de maneira muito positiva.

Apesar de que esse gênero de fantasia já esteja abarrotado de boas obras, essa criação literária de Marie é bem original, com particularidades bem mais incomuns, o que já garante um ponto positivo.

A narrativa carrega um enredo bem sombrio e interessante. A protagonista, Adelina, foge bastante dos padrões mais observados neste tipo de trama.

Jovens de Elite se passa na era medieval, em uma sociedade devastada por uma febre voraz. Essa doença devastou boa parte da humanidade e deixou estranhas marcas nos sobreviventes (todos são crianças). 

Esses sobreviventes são discriminados pela sociedade, sendo chamados de malfetos. E, quando fatalidades e acidentes estranhos começaram a acontecer com pessoas próximas dos marcados, eles passaram a ser considerados uma ameaça. Até porque, misteriosamente, alguns dos sobreviventes passaram por mutações e agora têm habilidades fora do comum.

Entre esses marginalizados está a personagem principal da narrativa — A Adelina —, que, quando era apenas uma criança, foi vítima da praga. Aliás, isso a fez ficar cega de um olho, mas, até agora, nada de super poderes.

A protagonista sempre foi desprezada pelo seu pai, que sempre põe a culpa dos seus problemas na filha, pois aquela marca afasta os clientes.

Por conta da má convivência doméstica, de muitos conflitos internos e da vida injusta, ela se rebela e, então, resolve fugir de casa. E, em meio ao choque de uma mudança drástica, algo muito forte e sinistro se acende dentro de si. Um poder misterioso e que pode ser muito danoso para os outros e para ela mesma.

Entendendo-se como malfeta, a menina se junta a um grupo denominado Jovens de Elite, que, assim como ela, possuem habilidades sobrenaturais. Reunidos em prol de um grande objetivo, que é lutar contra a monarquia, derrotar o rei e, assim, tornar o mundo um lugar melhor para os malfetos. É… Eu sei… É impossível não se remeter aos X-Men! Mas, vai por mim, a autora é bem original.

Dessa forma, Adelina tem uma grande jornada de aprendizado pela frente, onde ela irá treinar, se aperfeiçoar e travar grandes batalhas contra grandes oponentes que lutam a favor da monarquia.

2 – Sociedade da Rosa

Sociedade da Rosa

Se no primeiro livro, o fato de que Adelina não segue os padrões das mocinhas das fantasias não ficou claro, agora, no segundo volume da ordem dos livros da trilogia Jovens de Elite, isso fica extremamente explícito. A jornada da protagonista é uma jornada sombria e de vingança. Na verdade, ela é praticamente a vilã, pois, por conta de tudo que já aconteceu com ela, a menininha indefesa do início morreu e deu lugar a uma personalidade extremamente fria e cruel.

Não se trata de um clichê, onde um renegado supera as adversidades e encontra a redenção, derrotando o poder do mal, mas trata-se de como as circunstâncias de uma vida injusta pode tornar alguém inocente em um verdadeiro monstro.

Em Sociedade da Rosa, Adelina está tomada por um intenso sentimento de vingança. Após ser renegada pela família e traída por pessoas em quem depositou sua confiança, a protagonista pretende ir atrás de outros malfetos para criar um grande exército e tomar o poder do reino que tentou destruí-la. Ela está muito mais forte e com sangue nos olhos!

As características da personagem encantam os leitores. Principalmente para quem acompanhou a trajetória de Adelina desde o começo e viu tudo que ela passou, há muita identificação por parte dos leitores, mesmo que ela tenha se tornado traiçoeira e amargurada.

Uma personagem importante que está presente nesta segunda trama é a irmã de Adelina, Violetta, que está ao lado da protagonista também como uma fugitiva. Ela, por não ter uma marca física, mesmo sendo uma Jovem de Elite, não precisou passar por toda discriminação e injustiça que passaram os outros malfetos. Talvez por isso, mesmo lutando ao lado de Adelina, ela não entenda os motivos da irmã.

E é claro que não poderia faltar um bom romance para completar essa incrível história… O que acontece quando Magiano aparece na narrativa. Um lobo solitário que se aliou à Loba Branca e promete ser, para Adelina, o equilíbrio entre a luz e as trevas.

3 – A Estrela da Meia-Noite

A Estrela da Meia-Noite

A Estrela da Meia-Noite é o terceiro e último livro na ordem dos livros da trilogia Jovens de Elite.

Adelina, que formou seu próprio exército e tomou o poder, se tornando rainha, continua travando grandes batalhas em busca de mais conquistas. Contudo, o motivo de conquistar território parece mais uma máscara para esconder um objetivo bem mais pessoal: encontrar Violetta, sua irmã. Desde que elas se desentenderam e Violetta fugiu, Adelina está bem incomodada.

Como era esperado, a Loba Branca se tornou uma rainha tirana, que, aparentemente, usa seu posto para se vingar de todos que a fizeram mal e para proteger apenas aqueles que são como ela.

No entanto, seu triunfo parece estar ameaçado. E um grande inimigo parece vir de dentro. A escuridão que habita a alma de Adelina parece estar saindo do controle; e aquelas vozes na sua cabeça estão ficando cada vez mais altas. Esse descontrole coloca tudo que a protagonista conseguiu até aqui em jogo.

Além disso, muitos Jovens de Elite estão morrendo, pois os grandes poderes sobrenaturais que lhes deram triunfo no passado, agora se voltam contra os próprios corpos humanos frágeis e desestruturados dos portadores.

Assim, para proteger seu império, a tirana será obrigada a engolir seco e formar uma aliança um tanto quanto desagradável: ela precisará unir suas Rosas aos Punhais, que a traíram no passado, e seguir uma jornada perigosa.

Mesmo que essa aliança represente um grande perigo, reunir os dois grupos num só objetivo será sua única chance. Será que a atormentada Adelina está pronta para se tornar a Estrela da Meia-Noite e, então, alcançar a paz que nunca teve?

O motivo do título deste livro é muito interessante!

Neste último livro da trilogia, Marie Lu apresenta a explicação para a grande febre, que mudou completamente a vida sobre a terra e dá um desfecho digno para a série e para a personagem tão carismática, Adelina.

Conclusão

Enfim… Esse é o nosso artigo falando um pouco sobre a fantástica trilogia Jovens de Elite.

Espero que tenha gostado e, principalmente, que você tenha encontrado o que procurava neste artigo.

Se você achou que essa série é interessante, compartilhe com seus amigos leitores para que eles também tenham a oportunidade de desfrutar desta excelente trilogia. 

E se você acha que faltou alguma informação que seria útil, deixe aqui nos comentários. Assim, você ajuda a enriquecer o nosso conteúdo para entregar materiais com cada vez mais qualidade para você.

Gostou de conhecer a ordem da trilogia Jovens de Elite? Veja outros posts recentes do blog!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.