vinte mil leguas submarinas resenha

Vinte Mil Léguas Submarinas: Aventuras nas Profundezas

Neste texto você irá conhecer uma resenha de Vinte Mil Léguas Submarinas, um famoso romance de ficção científica escrito por Júlio Verne e publicado em 1870. O livro conta a história do Capitão Nemo e sua embarcação submarina chamada Nautilus.

A trama começa quando um professor francês chamado Pierre Aronnax, juntamente com seu criado Conseil e um arpoador canadense chamado Ned Land, embarcam em uma expedição a bordo de um navio chamado Abraham Lincoln. A missão da expedição é caçar um suposto monstro marinho que está atacando embarcações em várias partes do mundo.

Durante a caçada ao monstro, o Abraham Lincoln é atacado e afundado. Aronnax, Conseil e Ned Land são resgatados pelo misterioso Capitão Nemo, que revela sua inovadora embarcação submarina, o Nautilus. O grupo então embarca em uma incrível jornada submarina ao redor do mundo.

Ao longo das vinte mil léguas (equivalente a cerca de 80.000 quilômetros) percorridas debaixo d’água, Aronnax e seus companheiros testemunham maravilhas da natureza, como recifes de coral, espécies marinhas exóticas e vulcões submersos. Eles também enfrentam perigos, como tempestades, criaturas marinhas agressivas e até mesmo um ataque de um polvo gigante.

No entanto, a história vai além das aventuras submarinas. O livro aborda temas como o desconhecido, o avanço científico, a solidão, o conflito entre a natureza e a tecnologia, a moralidade e a busca por liberdade. O Capitão Nemo é retratado como um personagem complexo, que se rebelou contra a sociedade humana e busca vingança contra a opressão que sofreu.

Vinte Mil Léguas Submarinas é considerado um dos grandes clássicos da literatura de ficção científica e uma das obras mais conhecidas de Júlio Verne. Ele cativou os leitores com sua imaginação vívida, descrições detalhadas e visão futurista, que antecipava muitas inovações tecnológicas do século XX.

>>> Caso esteja gostando do nossa resenha de Vinte Mil Léguas Submarinas, também convido para se inscrever nas nossas redes sociais: Instagram; Canal do Telegram e Canal do Youtube, para acompanharem resenhas como essas em primeira mão. Além disso, saiba que, ao adquirir algum livro pelos links dentro do texto, você ajuda o nosso blog.

Qual é o Foco Narrativo do Livro 20 Mil Léguas Submarinas?

O livro Vinte Mil Léguas Submarinas é narrado em terceira pessoa. A história é contada de forma mais distante, com um narrador observador que relata os eventos e descreve as ações, pensamentos e emoções dos personagens, incluindo o professor Pierre Aronnax.

O narrador em terceira pessoa permite uma visão mais ampla dos acontecimentos, abrangendo diferentes perspectivas e fornecendo um panorama mais completo da história. Embora o foco principal seja em Aronnax e suas interações com o Capitão Nemo e os demais personagens, o narrador também oferece insights sobre os pensamentos e motivações de outros indivíduos ao longo da narrativa.

O uso do narrador em terceira pessoa permite ao autor explorar diferentes cenários, descrever detalhes do ambiente submarino e criar uma atmosfera rica em imagens e sensações. Além disso, esse tipo de narrativa permite ao leitor acompanhar a história de forma mais objetiva, sem estar restrito apenas às perspectivas e experiências de um único personagem.

Qual é o Monstro de 20 Mil Léguas Submarinas?

No livro Vinte Mil Léguas Submarinas, o “monstro” que inicialmente motiva a expedição do professor Pierre Aronnax e seus companheiros é, na verdade, uma criatura misteriosa que está atacando embarcações ao redor do mundo. A descrição inicial do monstro é vaga e causa temor nas pessoas.

No entanto, quando Aronnax e seus companheiros são resgatados pelo Capitão Nemo e embarcam no Nautilus, eles descobrem que o suposto monstro é, na verdade, um submarino altamente avançado e tecnologicamente inovador, construído pelo próprio Capitão Nemo.

A confusão em relação ao “monstro” se dá pela aparência do Nautilus e pelas táticas agressivas utilizadas pelo Capitão Nemo para afugentar os navios. A forma peculiar da embarcação, com seu casco em formato de peixe, pode ser facilmente confundida com uma criatura marinha desconhecida.

Portanto, não há realmente um “monstro” tradicional no sentido de uma criatura fantástica ou sobrenatural no livro. A ideia do monstro serve como um ponto de partida para a história, levando os personagens a embarcar em uma aventura submarina e explorar as profundezas do oceano a bordo do Nautilus.

A Importância Histórica do Livro

Vinte Mil Léguas Submarinas continua até hoje a ser reconhecida como um dos grandes clássicos da literatura e uma influência duradoura na ficção científica e na imaginação popular. Entre os principais aspectos que trouxeram importância para a obra, podemos citar: 

  • Popularização da ficção científica: Júlio Verne é frequentemente considerado um dos precursores do gênero da ficção científica. Vinte Mil Léguas Submarinas apresentou ao público uma visão imaginativa e futurista da ciência e da tecnologia, ajudando a popularizar o gênero e influenciando muitos escritores subsequentes.
  • Inspiração para inovações tecnológicas: O livro apresentou ideias e conceitos inovadores que anteciparam o desenvolvimento de várias tecnologias. Verne descreveu com precisão muitos aspectos dos submarinos, como a propulsão elétrica, sistemas de mergulho, ar fresco, bem como a exploração subaquática e os desafios associados. Suas ideias inspiraram e influenciaram inventores e engenheiros na busca de realizar essas inovações.
  • Exploração do mundo submarino: Vinte Mil Léguas Submarinas despertou o interesse público pela exploração do oceano e da vida marinha. A obra apresentou uma visão fascinante e detalhada do mundo submarino, suas criaturas, paisagens e fenômenos naturais, estimulando a curiosidade e o estudo dos oceanos.
  • Personagens icônicos: O Capitão Nemo e seus companheiros, como o professor Pierre Aronnax, se tornaram personagens icônicos da literatura. O caráter complexo e enigmático do Capitão Nemo, em particular, cativou os leitores e influenciou a representação de personagens ambíguos e anti-heróis em obras posteriores.
  • Influência na cultura popular: A história de Vinte Mil Léguas Submarinas foi adaptada para o cinema, teatro, televisão e outras formas de mídia ao longo dos anos. Essas adaptações ajudaram a popularizar ainda mais a obra e a introduzi-la a novas audiências. Além disso, elementos da obra, como o Nautilus e o Capitão Nemo, foram referenciados e reinterpretados em diversas obras de ficção e cultura pop.

Conclusão da Resenha de Vinte Mil Léguas Submarinas

Concluímos nossa resenha de Vinte Mil Léguas Submarinas ressaltando que a obra nos convida a refletir sobre questões profundas relacionadas à exploração, ética, solidão e liberdade, enquanto nos leva a uma jornada emocionante pelos mistérios do mundo submarino.

Gostou de conhecer nossa resenha de Vinte Mil Léguas Submarinas? Veja também outros artigos recentes do blog!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *