jout jout ta todo mundo mal

Tá todo mundo mal: Um livro necessário sobre as crises da vida.

“Tá todo mundo mal” é o primeiro livro da youtuber Jout Jout, que traz crises do cotidiano de um jeito pessoal, cômico, sátiro e real.

Jout Jout é o nome artístico da Julia Tolezano, carioca, pisciana nascida em 1991, que ficou famosa no Youtube ao abordar questões sobre o cotidiano, feminismo, relações abusivas, tudo com humor e um jeito único de ser.

Formada em jornalismo pela PUC-RJ, Jout Jout começou a gravar vídeos para treinar sua comunicação, passar informações e perder o medo das críticas. No ano de 2015 Jout Jout viralizou com o vídeo “Não tira o batom vermelho” que falava sobre relações abusivas e em 2016 lançou seu primeiro livro o “Tá todo mundo mal”, participando da Bienal do livro e sendo um grande sucesso.

O livro é inspirado nos 25 anos de crises existenciais da Jout Jout, é cheio de humor e reflexões, ela usou de suas experiências engraçadas, cotidianas e traumáticas para montar um compilado de questões sobre a vida.

O começo já introduz que o livro será sobre crises que todos já passamos um dia e que é algo rotineiro, comum e que não estamos sozinhos, afinal, tá todo mundo mal.

ta todo mundo mal



O formato do livro é em crônicas não muito grandes, onde cada uma retrata uma crise, que passa por todos os períodos de vida da Jout Jout, como puberdade, autoestima (como sempre achar seus seios pequenos demais), sobre a escolha de uma faculdade, como se portar em festas, relacionamentos abusivos, não saber lidar com críticas, puns e não saber o que fazer com sobras de sushi.

 Os vídeos do canal do youtube “JoutJout Prazer” tem uma pegada de humor e conteúdos sobre feminismo e outros assuntos tão sérios e importantes, Jout Jout trouxe no livro uma maneira divertida e bem-humorada de demonstrar seus traumas, medos e angústias, inclusive algumas crônicas retrata a luta feminina por espaço e o medo constante de estar sozinha, vulnerável e não atender aos padrões cada vez mais inalcançáveis de beleza. São temas que tocam por fazer parte do nosso dia a dia. 

Um trecho do epílogo retrata bem sobre o que se trata o livro:

“Então aqui estou. Enumerando gentilmente meus piores momentos. Para você avaliar se os seus foram um pouquinho melhores e ter um sono mais tranquilo”

Este livro, hoje em dia com tantas pessoas não sabendo lidar com os problemas, deveria se tornar leitura obrigatória.

Ele foi escrito de uma maneira que o leitor se identifica, dá risada, chora e começa a compreender que todos estão passando por crises o tempo todo e que está tudo bem com isso, e as que é preciso começar lidar com os problemas e crises com mais leveza e humor.

Gostou de conhecer o livro Tá todo mundo mal de Jout Jout? Veja outros posts recentes do blog!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.