ordem dos livros de fazendo meu filme

Fazendo Meu Filme – Ordem Dos Livros do Sucesso Brasileiro

[cn-social-icon]

Neste artigo você vai conhecer a ordem dos livros de Fazendo Meu Filme, obras escritas por Paula Pimenta.

Mais uma vez, trazemos para o blog um grande sucesso brasileiro. Em 2008, Paula Pimenta publicou o primeiro romance da saga: A Estreia de Fani, que logo fez um grande sucesso em vendas, abrindo espaço para os outros 3 volumes que viriam. Até 2012, já tinha vendido mais de 100 mil exemplares e, em 2018, quando a série  completou 10 anos desde sua publicação, já tinha vendido mais de 750 mil.

A série best-seller acompanha a trajetória da amável protagonista Fani, uma adolescente que passa por diversas tramas ao longo da sua juventude agitada. A adolescente sonha em ser cineasta e tenta conciliar a luta pelos seus sonhos com as suas relações pessoais. Entre momentos de romance calorosos, decepções amorosas frustrantes e decisões difíceis, a garota trilha seu caminho.

A saga de Fani conquistou verdadeiramente o público, dominando as prateleiras das livrarias, até ser anunciada, em 2021, a produção de um longa-metragem baseado no primeiro livro da série, produzido pela Panorâmica Filmes.

Formada em Publicidade pela PUC de Minas, Paula escreveu o romance quando ainda estava em Londres, onde estudou escrita criativa.

É importante dizer que esta série não é o único grande sucesso da autora, que em 2011 publicou outro best-seller: Minha Vida Fora de Série.

Está gostando de conhecer a ordem dos livros de Fazendo Meu Filme? Para você não perder mais nenhum conteúdo que venhamos postar, inscreva-se no nosso canal do Telegram e no nosso Instagram e você será notificado sempre que sair algo novo aqui. Além disso, fique ligado no nosso canal no Youtube.

1 – A Estreia de Fani

A Estreia de Fani

Este é o primeiro volume da ordem dos livros de Fazendo Meu Filme. Somos apresentados à protagonista Fani, uma adolescente de 16 anos da cidade de Belo Horizonte. Com uma escrita rebuscada e cativante, Paula Pimenta nos mostra a rotina da menina: trama acadêmica, amizades, rivais do colégio, primeiros amores…

Fani é uma protagonista apaixonante, no estilo garotinha meiga, que ama cinema e faz coleção de filmes. Suas melhores amigas são a Gabi e a Natália, e seu melhor amigo é o Léo, um rapaz tímido, porém animado. A narrativa da autora é rica em personagens coadjuvantes que tornam tudo mais interessante.

A rotina simples e aconchegante da estudante pode estar muito próxima de sofrer  um grande impacto, pois uma oportunidade de ouro surge para Fani fazer um intercâmbio de 1 ano, e a menina precisa tomar uma decisão difícil: ela deveria ir de encontro à grande aventura de ficar por 1 ano em outro país ou deveria continuar levando sua rotina normalmente ao lado das pessoas que ama?

Um intercâmbio seria uma jornada de crescimento única em um mundo repleto de novas possibilidades e uma experiência pessoal que certamente lhe renderia frutos. No entanto, há muitas coisas que a jovem teria de deixar para trás, como seus amigos, suas amizades carinhosas, sua escola e seu inesperado novo amor.

A Estreia de Fani é um livro apaixonante que introduz uma série da qual a literatura brasileira se orgulha muito. A autora traz uma história muito bem humorada que consegue extrair uma experiência única para os leitores mesmo que a trama seja tirada de algo comum do cotidiano.

Além de entregar uma narrativa magnética que mantém os leitores presos entre as capas do livro por bastante tempo, Paula faz questão de deixar o final em aberto, gerando mais curiosidade, dando a entender que muito mais está por vir.

2 – Fani na Terra da Rainha

Fani na Terra da Rainha

Tendo conquistado uma legião de fãs com o best-seller A Estreia de Fani, Paula Pimenta entrega aos leitores mais um romance protagonizado pela nossa amável adolescente. Fani na Terra da Rainha é o segundo volume da ordem dos livros de Fazendo Meu Filme.

Neste segundo livro, podemos observar Estefânia Castelino Belluz em mais uma jornada encantadora e divertida. Agora na Inglaterra, em seu intercâmbio de 1 ano, muitas emoções diferentes irão adequar o semblante da protagonista às diversas circunstâncias. Longe do grande amor, a saudade é um sentimento inevitavelmente presente. Porém, mais do que uma aventura internacional, esta é uma jornada de muito crescimento, onde a brasileira pouco vivida passa por um árduo processo de autoconhecimento.

Mesmo estando do outro lado do continente, em meio ao suspense, grandes revelações e descobertas, Fani não deixa de lado suas amigas inseparáveis e sua família. E além disso, faz novas incríveis amizades e muitos novos personagens maravilhosos adentram na narrativa.

Bom… uma coisa é inegável: ela não é mais aquela menina frágil que conhecemos no primeiro romance. Fora do esconderijo da sua timidez, independentemente da situação, a personagem se mostra mais intensa e cheia de si.

Mais do que uma história adolescente, onde uma jovem toma a difícil decisão de fazer intercâmbio, esta é uma história de um grande e delicado amor!

Assim como o primeiro, Fani na Terra da Rainha é um livro aclamado pela crítica, onde a autora brasileira prova mais uma vez a sua habilidade de cativar o público, com uma escrita única e uma narrativa envolvente. E, claro, sem esquecer de deixar os fãs loucos por mais um pouco de Fazendo Meu Filme.

3 – Roteiro Inesperado de Fani

Roteiro Inesperado de Fani

Em Roteiro Inesperado de Fani, Paula Pimenta entrega um terceiro volume da ordem dos livros de Fazendo Meu Filme. E para variar, estamos diante de mais uma trama repleta de emoções.

Neste, que talvez  seja o livro mais intenso da saga nacional, Fani está com seus 18 anos de idade, deixando para trás a terra da rainha e retornando ao Brasil. Notavelmente, a protagonista voltou diferente, mais madura, o que era de se esperar depois de um ano de experiência na Inglaterra.

Ela não imaginava que encontraria problemas de readaptação, mas, mesmo que as coisas estejam da mesma forma que antes, Fani se sente um tanto deslocada. Ela está consideravelmente diferente, o que causa alguns conflitos em suas relações interpessoais e afetam seu humor.

No entanto, logo a protagonista foca em assuntos mais importantes: seu tão sonhado relacionamento com Leo e o vestibular para o curso de cinema que está chegando. Assim, no início as coisas vão bem e o relacionamento dos dois é de dar inveja.

Mas, como em toda boa trama, as grandes problemáticas começam a aparecer. A tensão provocada pelo vestibular iminente, os ataques de ciúme do Leo e um ex-namorado da Fani entrando em cena prometem ser elementos capazes de provocar momentos bem dramáticos.

Parece que os efeitos colaterais do tempo passado em Brighton vão além de apenas a transformação que a Fani sofreu. E entre alegrias, tristezas, surpresas, decepções e conflitos calorosos, acompanhamos mais um pedaço da trajetória da nossa querida protagonista, que terá  de tomar decisões difíceis e corajosas.

4 – Fani em Busca de Um Final Feliz

Fani em Busca de Um Final Feliz

Fani em Busca de Um Final Feliz é o quarto volume da ordem dos livros de Fazendo Meu Filme. Cerca de 5 anos depois dos últimos eventos do terceiro volume e da separação de Fani e Leo, agora nos deparamos com nossos queridos personagens adultos. Ela, uma cineasta, e ele, um jornalista. Ambos buscando em outras pessoas o que só poderiam encontrar um no outro.

Depois do momento trágico que marcou o fim de Roteiro Inesperado de Fani, os dois  tentaram seguir seus caminhos, mas é claro que nada está  superado, mesmo tanto tempo depois. Juras  de amor tão  fortes não poderiam ser apagadas por qualquer intervalo de tempo. Ou talvez nenhum tempo poderia mudar isso! Será necessário mais um encontro para que, de uma forma ou de outra, essa história seja zerada.

Paula Pimenta é uma escritora realmente fora de série. Manteve uma excelente recepção pela crítica e pelo público desde o primeiro até o último volume. Neste volume, a autora oferece a maravilhosa oportunidade dos leitores reencontrarem os queridos personagens agora bem mais velhos. Ela não esquece de um sequer, nem de mostrar um pouco da sua evolução.

Além disso, não se assuste com esse salto de 5 anos na história, pois Paula se preocupa em mostrar para os leitores as coisas que aconteceram nesse período, aplicando uma estratégia de construção literária que intercala presente e passado entre seus capítulos.

Logo de cara, uma grande diferença deste livro para os anteriores é que a história não é mais narrada apenas pela Fani. Leo agora também faz parte da voz ativa da narrativa, o que é uma característica excelente, pois mais pontos de vista sempre são enriquecedores para a compreensão.

Então, a autora best-seller encerra um ciclo triunfante, no sentido de que a série Fazendo Meu Filme foi um sucesso e tanto, do qual certamente ela deve se orgulhar muito.

Gostou de conhecer a ordem dos livros de Fazendo Meu Filme? Veja também outros artigos recentes do blog!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *