melhores livros de Taylor Jenkins Reid

Taylor Jenkins Reid: Os Livros da nova queridinha da Literatura Pop

Os livros de Taylor Jenkins Reid são um fenômeno de vendas no Brasil e no mundo e já prometem gerar várias adaptações cinematográficas (5 delas já possuem seus direitos comprados), com protagonistas fortes e enredos cativantes. E domina o gênero que se propõe a escrever: a Literatura Pop. 

Nessas obras vamos acompanhar assuntos cotidianos, mulheres fortes e sem estereótipos. São narrativas bem escritas sobre temas relevantes da atualidade. Os melhores livros de Taylor Jenkins Reid abordam assuntos cotidianos e sociais, como feminismo e sexualidade, para quem quer sair da zona de conforto e viver emoções intensas.

Seu primeiro romance foi publicado em 2013 e chama-se Para sempre, interrompido. Seus maiores sucessos, no entanto, são Os sete maridos de Evelyn Hugo (nomeado para um Goodreads Choice Award de Melhor Ficção Histórica de 2017 e  finalista no prêmio Livro do Mês Livro do Ano em 2017) e Daisy Jones and The Six: Uma história de amor e música (que conta a história de uma banda fictícia de rock dos anos 70 fictícia, livremente baseada no Fleetwood Mac durante a gravação de Rumors). Esse roteiro está sendo adaptado para uma série a ser veiculada na Amazon Prime. 

A ordem de publicação dos livros de Taylor Jenkins Reid foi a seguinte: Tu, Eu e Todo o Tempo do Mundo (2013); Depois do sim (2014); Em outra vida, talvez? (2015); Amores verdadeiros (2016); Os sete maridos de Evelyn Hugo (2017); Daisy Jones and The Six: Uma história de amor e música(2019); Malibu Rising (2021); além do conto Provas do caso (2018). 

Veja também abaixo uma lista com os melhores livros de Taylor Jenkins Reid, assim você pode começar a conhecer a autora pelos livros lidos e aprovados por milhões de leitores. 

Os Sete Maridos de Evelyn Hugo

Um dos melhores livros de Taylor Jenkins Reid é Os sete maridos de Evelyn Hugo

O primeiro lugar na nossa lista de melhores livros de Taylor Jenkins Reid é Os sete maridos de Evelyn Hugo. Antes de entrar na história em si é importante ressaltar que Evelyn Hugo é uma personagem ficcional, apenas de muita gente sair acreditando após a leitura do livro que trata-se de uma estrela real. 

Isso dito, o livro é narrado sob o ponto de vista de Evelyn que acabou de completar 80 anos. Ela recrutou a jornalista Monique Grant para ouvir a sua história e escrever a sua biografia e é nesse cenário que vamos descobrindo paulatinamente os segredos mais íntimos (por exemplo: por qual motivo ela havia se casado 7 vezes e por que contar a sua história com essa idade).

Outros segredos a serem revelados durante a obra são sobre seu relacionamento abusivo com um homem (segundo marido) e sobre a descoberta da sua bissexualidade ao conhecer Celia St. James, assuntos que uma mulher famosa na década de 50 e 60 jamais poderia compartilhar. 

Também iremos descobrir na obra o motivo pelo qual Evelyn exigiu que Monique fosse a jornalista que escrevesse a sua biografia. 

Esse livro nos revela uma mulher forte que virou sex symbol, protagonizou sucessos, ganhou Oscar, e era um prato cheio para as revistas de fofocas. Mas o que essa mulher teve que abrir mão para conseguir tal sucesso?

Daisy Jones and The Six: Uma história de amor e música

Daisy Jones and The Six: Uma história de amor e música - melhores livros de Taylor Jenkins Reid

O segundo lugar entre os melhores livros de Taylor Jenkins Reid. Neste romance inesquecível, narrado a partir de entrevistas, vamos acompanhar a história fictícia da banda Daisy Jones & The Six. 

O livro está repleto de sexo, drogas, conflitos e dramas de uma banda que nos anos setenta dominou as paradas de sucesso, fez shows para plateias lotadas e conquistavou milhões de fãs. Subitamente, no entanto, eles se separam sem uma aparente explicação deixando seus fãs atônitos. 

Com uma estrutura similar a um documentário (com várias entrevistas com as diversas pessoas que se relacionavam com a banda), cerca de 4 décadas depois o leitor vai descobrindo aos poucos as histórias de Daisy e os motivos que fizeram a banda acabar. 

Mais uma vez as histórias de Taylor Reid impressionam pela verossimilhança, com histórias que permeiam pontos que poderiam muito bem ser reais e passam por coincidências incríveis com outras bandas. 

Malibu Renasce

Malibu renasce - Taylor Jankins Reid

O terceiro lugar entre os melhores livros de Taylor Jankins Reid já tem adaptação prevista para o canal de streaming americano Hulu. 

Vamos acompanhar a história dos quatro filhos do famoso Mick Riva que são conhecidos e admirados em toda a Malibu. Mick Riva aparece nas histórias anteriores, tanto como um dos maridos de Evelyn Hugo, quanto como um dos integrantes da famosa banda Daisy Jones and The Six. Os filhos dele são: Nina, Jay, Hud e Kit (com 4 personalidades totalmente diferentes), e a mulher chama-se June. 

No fim do verão, eles costumam dar uma festa épica e a de 1983 parece ser a maior já feita até então.

O livro é dividido em duas partes, a primeira contando a história do romance entre Mick e June, intercalado com 12 horas antes da festa e a segunda parte mostrando 12 horas após a festa.

Minha preocupação neste texto está sendo elencar os livros de Taylor Jankins Reid em ordem de preferência, porém cronologicamente também é interessante lê-los nessa ordem apresentada até agora, já que a história de Evelyn Hugo se passa nos anos 50-60, a de Daisy Jones nos anos 70 e a história de Malibu Renasce acontece nos anos 80. 

Amores Verdadeiros

Amores verdadeiros

Chegamos a Amores Verdadeiros, o quarto melhor livro de Taylor Jenkins Reid. 

Aqui vamos acompanhar a história de Emma Blair e Jesse, uma paixão do colegial. Os dois se casam, mas para o desespero dos seus pais, os dois engajam-se em uma viagem ao redor do mundo, vivendo aventuras eletrizantes. 

Ao completar 1 ano de casamento, o helicóptero no qual Jesse estava sobrevoando o pacífico em uma dessas viagens desaparece sem deixar rastros e obriga Emma a tentar reconstruir a vida. 

Anos passam, e nessa reconstrução Emma começa um relacionamento com Sam, um cara fantástico. Mas, um dia Jesse é resgatado e quer voltar para a casa. Agora, com um marido e um noivo, Emma precisa descobrir quem ela é e o que quer (afinal, sua vida já havia caminhado e sentiu que ela e o marido já não se reconheciam mais um no outro). 

Depois do Sim

Depois do sim

Depois do sim é uma leitura leve, divertida e ao mesmo tempo tocante e profunda sobre a complexidade dos relacionamentos que dão sentido às nossas vidas e um dos melhores livros de Taylor Jenkins Reid, embora bem menos conhecido que os 4 anteriores da lista. 

Nesse livro acompanhamos a história de Lauren e Ryan que já não estão mais felizes juntos. O casal, na verdade, está preso na própria rotina, nos próprios hábitos, numa história sobre o amor quando ele parece não estar mais lá. 

Esse poderia ser o fim, mas para os dois é só o começo. Eles vão passar por um ano diferente de tudo aquilo que já viveram, no qual aprenderão muito mais sobre si mesmos do que seriam capazes de imaginar.

Em Outra Vida, Talvez?

Em outra vida, talvez?

Outro livro de Taylor Jenkins Reid que não é tão conhecido, mas muito interessante. 

Vamos agora acompanhar a história de Hannah Martin, de 29, que acaba de se mudar para Los Angeles. 

Para comemorar a mudança, ela decide ir a um bar com velhos amigos, entre eles sua melhor amiga Gabby. E é lá que Hannah reencontra Ethan, seu ex-namorado da adolescência. No fim da noite, tanto ele quanto Gabby lhe oferecem carona. 

Hannah então passa a viver duas realidades alternativas. Numa ela escolheu voltar com Gabby e na outra com Ethan. Em realidades alternativas, acompanhamos os dois cenários, com desdobramentos bem diferentes na vida de Hannah e de todos que fazem parte dela.

Tu, Eu e Todo o Tempo do Mundo

Tu, Eu e Todo o Tempo do Mundo

Publicado em 2013, esse livro fecha a nossa lista de melhores livros de Taylor Jenkins Reid. Tu, Eu e Todo o Tempo do Mundo foi o primeiro livro publicado pela autora e é provavelmente seu livro menos conhecido. Inclusive, é bem difícil de achar edições para vender (deixei um link abaixo da Amazon, caso tiver alguma edição disponível no momento que você estiver lendo, considere-se uma pessoa de sorte).

Essa é uma história sobre como lidar com a morte. Um impactante relato de luto. Acompanhamos a vida de Elsie Porter. Seu marido Ben Ross faleceu em um acidente. Para a ajudar a lidar com a dor, conta com a mãe de Ben, numa manifestação de amizade que se revela de enorme importância para as duas. Uma história contada de maneira simples e profunda.

Gostou de conhecer todos os livros de Taylor Jenkins Reid? Veja outros posts recentes do blog!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.