cronicas de amor de ódio ordem

As Crônicas de Amor e Ódio: Ordem dos Livros Desse Fantástico Universo

Esta é uma fantasia young adult criada pela autora Mary E. Pearson. Seu primeiro volume, The Kiss of Deception, foi lançado em julho de 2014 e, desde então, vem fazendo enorme sucesso nas livrarias. O universo da obra é muito vasto, pois, não se atendo apenas à trilogia principal (inclusive você irá conhecer a ordem dos livros de As Crônicas de Amor e Ódio nesse texto), ele se expande em outros livros canônicos.

As Crônicas de Amor e Ódio foi o nome adaptado para o lançamento da trilogia no Brasil — o nome original da saga é The Remnant Chronicles. Os volumes foram lançados no Brasil pela famosa editora Darkside Books e vêm fazendo um grande sucesso em vendas em território nacional. E um detalhe interessante é que manteve-se  os nomes originais dos livros (em inglês).

Mary é uma escritora renomada, já tendo trabalhado em outros livros que fizeram relevante sucesso. Inclusive, seu livro The Adoration of Jenna Fox está sendo adaptado para o cinema.

>>> Mas antes: Está gostando de conhecer a ordem dos livros de As Crônicas de Amor e Ódio? Acompanhe nosso canal no Telegram e página no Instagram para receber todos os conteúdos em primeira mão.

1 – The Kiss of Deception

The Kiss of Deception as cronicas de amor e ódio

The Kiss of Deception introduz os leitores à uma fantasia esplêndida, em um universo incrível. A narrativa gira em torno de Lia, princesa do reino de Morrighan.

O primeiro volume de As Crônicas de Amor e Ódio nos apresenta uma trama profunda, preenchida por problemáticas políticas, interesse, ambição, conflitos entre reinos e romances calorosos.

Lia é a primeira filha do casal real de Morrighan, que, aos 17 anos, decide fugir de um casamento arranjado. O casamento tinha o intuito de promover a paz entre dois reinos, mas a protagonista não pretendia se casar com alguém que não conhecia e, portanto, não amava. Assim, a menina vai em busca de um recomeço, uma vida simples em um pequeno vilarejo em uma cidade litorânea. Um lugar que considera perfeito para ser seu novo lar.

No entanto, abismado e curioso com a audácia de sua prometida, o jovem príncipe não deixará esta história para trás. Então, o garoto abandonado atravessa o continente para encontrar a donzela, com o intuito de conhecê-la melhor e entender seus motivos.

O problema é que ele não é o único que está atrás de Lia. Um assassino frio e sedutor recebe a missão de matar a pobre garota que só quer levar uma vida comum, sem holofotes.

Quem será que vai vencer essa disputa?

A narrativa segue um formato bem interessante e envolvente, intercalando entre as perspectivas da princesa, do príncipe e do assassino. Mary tem uma escrita bem fluida, mas consegue dar boa profundidade à sua obra.

Um detalhe interessante a ser ressaltado é que boa parte da trama é temperada com um mistério conflitante. Quando o assassino e o príncipe começam a se aproximar de Lia, não sabemos quem é quem.

Você não conseguirá parar de ler enquanto não descobrir!

*Se não quiser spoilers, não leia a partir daqui.

2 – The Heart of Betrayal

The Heart of Betrayal ordem dos livros de as cronicas de amor e odio

Este é o segundo volume na ordem dos livros de As Crônicas de Amor e Ódio. Em The Heart of Betrayal, Lia agora sabe quem verdadeiramente é Kaden. Ela fica desolada ao descobrir que, na verdade, ele é um mercenário que tem o objetivo de levá-la até Venda, reino rival, para ser entregue ao governante deles, o Komizar.

Enquanto a princesa está sendo levada para Venda, Rafe planeja se passar por prisioneiro para entrar no reino e resgatá-la.

Espertamente, o Rafe, ao pisar em terras inimigas, se passa por um mensageiro de Dalbreck e fala sobre o príncipe herdeiro — que na verdade é ele — querer uma aliança com Venda. Essa atitude faz o governante daquele lugar hostil ficar interessado e, então, ele mantém o “mensageiro” sob extrema escolta.

Da mesma forma, o Komizar trata a Lia, que está constantemente sob vigilância. A princesa, mesmo naquela situação, tenta bolar seus planos de fuga, usando várias de suas artimanhas, mexendo com a cabeça de Kaden, ou buscando aliados impensáveis.

Neste segundo livro, é interessante o amadurecimento dos personagens, principalmente da Lia, que, ao passar por tantas situações, vem se tornando cada vez mais forte, calejada e sagaz.

Em The Heart of Betrayal, a saga começa a apresentar mais de sua mitologia e sobre a história por trás dos três reinos. A protagonista, aos poucos, aprende a usar seu dom, e, ao passo que vai desvendando os mistérios do seu mundo, também vai entendendo sua importância para salvar os 3 reinos da ruína iminente.

Dessa forma, Lia, que em The Kiss of Deception só queria fugir da vida de princesa, agora abraça a causa de sua terra, determinada a proteger os reinos e as pessoas que neles vivem.

3 – The Beauty of Darkness

The Beauty of Darkness ordem dos livros de As Crônicas de Amor e Ódio

Este é o terceiro e último livro na ordem dos livros de As Crônicas de Amor e Ódio. Em The Beauty of Darkness, Mary dá um desfecho digno a tudo que foi desenvolvido até aqui, mantendo seu ritmo fluido e envolvente na escrita.

Após Lia e Rafe quase terem morrido no rio, a protagonista está muito ferida, numa situação lastimável. Entretanto, a forte princesa sabe que precisa se recuperar, pois um grande perigo ameaça todos os reinos. O Komizar montou uma máquina que põe todos em perigo iminente.

Irritantemente, por enquanto, ninguém está dando tanta importância ao que Lia diz em. Os generais de Rafe acreditam que Venda é uma terra de selvagens sem ensinamentos e, portanto, incapaz de se levantar contra grandes reinos como Dalbreck e Morrighan.

A princesa sabe que o Komizar não teria planejado toda a conspiração sozinho. Isso a leva a crer que alguém importante em Morrighan esteja envolvido. “Quem poderia ser?” é a questão que incomoda a protagonista.

Por isso, tomada por uma preocupação com seu reino e seus amados que lá estão, com a permissão de Rafe, Lia parte para Morrighan. No entanto, devido aos escândalos envolvendo a princesa desde que ela fugiu, a mesma não é bem vista em sua própria terra e retornar pode ser perigoso. Mas, sem pestanejar, ela sabe que precisa tentar.

Muitas coisas estão em jogo, como a vida das pessoas que ela mais ama, bem como todos que se encontram nos três reinos. Então, tendo descoberto em si uma grande importância, Lia sabe que tudo depende dela e nada que venha acontecer vai fazê-la exitar.

Aliás, lembremos que existe o dom que Lia carrega e que, apesar de muitos acharem que seja uma fantasia, ela sabe que é algo muito poderoso e também sabe que é a única pessoa capaz de fazer o que precisa ser feito.

Uma das coisas mais cativantes dessa criação da Mary é a personalidade de Lia. Uma mulher determinada, que não permite que os outros tomem as rédeas de sua vida e que, ao mesmo tempo, é generosa e corajosa.

Sabemos que personagens carismáticos têm uma grande “culpa” com relação ao sucesso (ou não) de uma criação literária. Então quero dizer que isso a obra de Mary tem.

Livros Canônicos de As Crônicas de Amor e Ódio

Bom, os livros principais que compõem a trilogia foram esses de que falamos acima. Todavia, o trabalho de Mary Pearson se estende por outras histórias magníficas deste universo. Veja a seguir:

Crônicas de Morrighan

Crônicas de Morrighan ordem dos livros de As Crônicas de Amor e Ódio

Para os leitores que acompanharam a trilogia e adoraram a narrativa, que é o caso de muitos, este livro é um presente dado pela Mary, onde nós podemos conhecer muito mais sobre este incrível mundo e sobre o passado poético dos reinos remanescentes.

Antes que tivéssemos a oportunidade de conhecer a querida Lia; antes de tantos conflitos; antes até mesmo da fundação dos três reinos, existiu uma menina chamada Morrighan que, com sua família, tentava sobreviver à guerra. Uma história apaixonante!

Dinastia de Ladrões

As Crônicas de Amor e Ódio foi um tremendo sucesso que angariou muitos fãs ao redor do mundo. Então, tempos depois de ter publicado o último volume da sua saga, Mary traz esse afago para os corações de seus leitores. A duologia Dinastia de Ladrões é mais uma narrativa desenvolvida dentro desse universo.

Dance of Thieves

Dance of Thieves

Dance of Thieves é o primeiro volume da duologia Dinastia de Ladrões. A trama se passa 6 anos depois dos acontecimentos em The Beauty of Darkness. Mary ataca novamente com suas tramas políticas, personagens magníficos e sua escrita tão única.

Um grande Império fora da lei é conhecido pelo seu poder inestimável. O clã Ballenger, cujo novo líder é o Jase, toma conta de tudo que está fora do domínio do reino. Porém, eles agem de acordo com sua vontade, não respeitando a lei oficial.

Kazi, que faz parte da guarda oficial da rainha, é mandada para as terras distantes para averiguar as violações que estão ocorrendo. Ela vai perceber que há muito mais coisas erradas do que pensavam.

A narrativa é guiada pelas perspectivas de Kazi e Jase.

Vow of Thieves

Vow of Thieves

Vow of Thieves é o segundo e último volume da duologia. Aqui, chegamos ao fim da jornada de Kazi e Jase.

A trama começa imediatamente após o fim do volume anterior. Após o desfecho emocionante de Dance of Thieves, os dois estão retornando à Boca do Inferno, para a família Ballenger.

Kazi agora tem uma alta posição e deveres, e enquanto os dois discutem assuntos importantes de líderes, levam os primeiros momentos como um casal em lua de mel, protagonizando um grande romance. No entanto, a aceitação da família Ballenger não será fácil de conseguir.

O livro começa devagar pelo romance, mas, quando coisas estranhas começam a acontecer… Bom, após um ataque, Jase e Kazi são separados, pois a protagonista é levada prisioneira e, então, a trama se inicia.

Gostou de conhecer a ordem dos livros de As Crônicas de Amor e Ódio? Veja outros posts recentes do blog!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.