ordem livros irmas walsh

Veja a ordem dos livros de As irmãs Walsh, série de Marian Keyes!

Uma série recheada de conflitos do universo feminino, um humor diferenciado e várias reflexões sobre o cotidiano. É assim que Marian Keyes conduz a ordem dos livros As irmãs Walsh. Assim, você pode conhecer um pouco mais sobre Claire, Rachel, Maggie, Anna e Helen, mulheres fortes com problemas reais. 

Por isso, se acendeu a luzinha da curiosidade e você quer descobrir um pouco mais sobre a série, aqui é o lugar perfeito. Neste post vamos te mostrar um resumo de cada livro, e porque os livros viraram um fenômeno editorial. 

Conheça mais sobre Marian Keyes 

Marian Keyes é uma autora irlandesa que atualmente já soma mais de 22 milhões de livros vendidos no mundo. Aqui no Brasil, são 12 livros traduzidos para o português, que viraram logo uma febre. Hoje, já são mais de 32 idiomas para os quais seus títulos foram traduzidos. 

Ainda, Marian Keyes tem um longo processo de vitória contra o alcoolismo, o que lhe rendeu algumas pitadas de experiências pessoais nos livros. Assim, logo após vencer o vício, foi que ela encontrou nas palavras uma maneira de inspirar outras pessoas.

Qual a proposta geral da ordem de livros de As irmãs Walsh?

A proposta inicial é do gênero Chick-Lit, criado não tem muito tempo. Assim, são livros sobre temáticas femininas modernas, com problemas de mulheres reais. A identificação com os conflitos pessoas é constante, e você se vê muitas vezes nas mesmas situações. 

Cada livro acompanha a história e os dramas pessoais de uma das cinco irmãs Walsh. Assim, a autora mostra a personalidade de cada uma e o esforço para resolver problemas amorosos, comportamentais e até mesmo o vício com drogas. Por isso, as histórias são independentes, mas alguns acontecimentos de um livro influenciam no outro. 

Quantos livros têm a série As irmãs Walsh? 

Até o momento, são 5 livros acompanhando as histórias das irmãs, e mais um focado somente na mãe. Esse último livro foi lançado como um spin off depois do sucesso da série.

Então, se você curtiu a descrição geral da série, e quer conhecer um pouco mais, a gente pode te ajudar nessa. Separamos um resumo de cada livro, para te dar um gostinho a mais das histórias. Por isso, continue com a gente e confira o que acontece em cada título!

Melancia

melancia irmãs walsh

Melancia é o primeiro na ordem dos livros de As irmãs Walsh e conta a história de Claire. Ela tem 27 anos e acabou de ter seu primeiro bebê. Então, é quando ela ouve (pasmem, ainda no hospital) seu marido dizer que está apaixonado pela vizinha há seis meses e vai se separar de Claire. 

Assim, a gente já começa o livro se indignando com a separação abrupta enquanto ela ainda nem aprendeu como cuidar do bebê direito. Porém, ao longo do livro é possível perceber a grande evolução que Claire passa. A autora passa pelos conflitos pessoais, a volta pra casa, a dificuldade de ser mãe. 

Dessa maneira, aprendemos a conhecer Claire e junto com ela a força para se reerguer depois do abandono. Porém, algum tempo depois o ex-marido volta arrependido e tentando colocar a culpa da traição em Claire. O que ele não sabia era que ia encontrar uma nova mulher no lugar da antiga. 

Por isso, ela recebe o ex, mas separa algumas surpresas para sua volta. Então, se você quiser saber o que foi que ela aprontou com o ex-marido traidor, pode começar já a ler o primeiro título da ordem de livros de As irmãs Walsh. Sem dúvidas, o entretenimento é garantido com Claire e sua família peculiar. 

Férias! 

férias

Férias é o segundo na ordem dos livros de As irmãs Walsh e bem mais pesado que o anterior. Então, conhecemos Rachel, que é viciada em alguns tipos de drogas, mas nega o vício como um mantra. Porém, ela vai parar em uma clínica de reabilitação para viciados, onde é obrigada a confrontar seus conflitos pessoais. 

Contudo, o livro é muito bom e bem escrito, mas a aura de melancolia do vício de Rachel acaba sugando um pouco o humor. Apesar de terem temas centrais tão pesados quanto, a leveza que a autora coloca com os diálogos bem humorados equilibra a tensão nos outros volumes. Porém, neste livro parece que nem o humor tira por completo esse estado de espírito. 

À partir do meio do livro, quando Rachel começa a se entregar para o tratamento e buscar novas formas de amar, a gente consegue ver essa vibe meio depressiva sumir. Então, dá pra aproveitar o humor e o romance que o livro tem sem o clima pesado do tratamento para o vício. 

Então, temos novos romances surgindo (muito engraçados por sinal); uma Rachel encarando seus problemas com as drogas e um final muito bacana. Se você quiser como e onde Rachel chega ao final do livro, pode começar a ler agora mesmo. Com certeza, essa narrativa vai te fazer refletir muito sobre várias questões importantes.

Los Angeles

los angeles walsh

Como terceira publicação na ordem dos livros de As irmãs Walsh conhecemos Maggie. De longe, ela parece o clichê de heroína revoltada com a vida pacata que sai em busca de aventuras. Porém, quando você olha de perto vê que ela é muito mais do que o estereótipo da dona de casa cansada. Ela é o retrato de muitas mulheres ao redor do mundo, soterradas pelas convenções sociais. 

Então, você pode acompanhar a jornada de Maggie para Hollywood, em busca de se tornar uma roteirista de filmes. Essa trajetória de conhecimento do lugar é bem engraçada, e ouso dizer que a autora estava bem inspirada para o humor quando escreveu Los Angeles. 

Dessa maneira, você vai se divertir com Maggie e suas tentativas de criar uma vida toda nova. Porém, a possibilidade de um novo romance acaba sendo o ponto central do conflito dessa nova personalidade. Será que Maggie está pronta para um novo amor? Você vai descobrir e rir muito assim que começar a ler Los Angeles, recomendamos muito a leitura!

Tem alguém aí?

tem alguém ai

O quarto exemplar na ordem dos livros de As Irmãs Walsh acompanha Anna, e esse é um dos títulos mais intensos e interessantes de toda a série. É praticamente impossível passar ileso das emoções que a autora consegue imprimir no desenvolvimento de Anna após um acidente de carro. Além disso, sua busca por Aidan, seu marido, vai te colocar em prantos e gargalhadas a cada cinco parágrafos. 

Assim, quando Anna decide voltar para sua rotina normal depois do acidente, acaba colocando uma ideia fixa na cabeça: encontrar o marido. Assim, em todo o livro ela acredita que o marido ainda está vivo, e cria uma realidade para encontrá-lo. Sem dúvidas, a delicadeza da autora para retratar a aceitação da morte de quem amamos é um dos pontos altos desse exemplar. 

Chá de sumiço 

cha de sumico

No último exemplar na ordem dos livros de As irmãs Walsh você vai conhecer Helen. Ela é uma detetive particular frustrada com o trabalho, que arrumou um namorado integrante de boyband. Então, ela se vê no meio do showbiz, vivendo momentos perigosos por conta das influências ao seu redor. 

Em termos de ação, esse é o livro com maior ritmo de escrita. Assim, é bem acelerado e conta com várias sequências de tirar o fôlego. Com certeza, foge da proposta inicial de calmaria e resoluções pessoais dos outros 4 livros. Então, se você gosta de livros com romance e ação, pode acompanhar esse exemplar sem medo de se arrepender. 

Mamãe Walsh

mamae walsh

O sucesso da série foi tão grande, que a autora acabou dando um spin off de presente para os fãs. Assim, foi publicado Mamãe Walsh, o sexto na ordem de livros de As irmãs Walsh. Portanto, ele é mais ou menos como um livro de contos da matriarca dessa família. 

Você consegue entender um pouco melhor sobre o ambiente em que as irmãs Walsh cresceram. Além disso, ainda pode observar os valores que a mãe passa para as filhas, e entender vários acontecimentos dos livros anteriores. Assim, de experiências com os homens até peripécias culinárias, Mamãe Walsh vai te fazer rir um bocado neste volume. 

E qual o resumo de tudo isso, os livros são bons?

Se você gosta do gênero Chick-Lit, com certeza vale muito a pena tirar um tempo para ler essa série. Assim, é uma leitura bem dinâmica e com temas atuais, que são salpicados com um humor inteligente e agradável. Por isso, muitas vezes você não se sente lendo um livro, mas o relato de alguma amiga próxima confidenciando a você. 

Dessa maneira, a atmosfera que Marian Keyes consegue criar, te deixa confortável e querendo saber mais. É mais ou menos quando a gente fica sabendo de uma fofoca e quer conhecer todos os detalhes envolvidos. Por isso, é uma série de livros que te coloca no modo “cafezinho da tarde com as amigas”. 

Porém, como nem tudo são flores, alguns livros podem ter uns conteúdos um pouco mais pesados, como o Férias. A primeira abordagem do livro pode dar uma leve baqueada, mas a partir do meio esse sentimento já vai embora. Portanto, pelo conjunto da obra vale muito a pena parar para conhecer essa série. 

Gostou de conhecer a ordem dos livros das irmãs Walsh? Veja outros posts recentes do blog!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.