o poder do hábito resenha

O Poder do Hábito: Resumo Do Incrível Livro de Desenvolvimento Pessoal

Hoje vamos fazer aqui no blog um resumo do livro O Poder do Hábito, uma peça essencial na estante de qualquer pessoa. Inclusive, ele está elencado na nossa lista de Melhores Livros Para Ler e Mudar de Vida por todo seu potencial transformador.

O autor do livro é um conhecido jornalista norteamericano chamado Charles Duhigg, que trabalhou no New York Times e chegou a ganhar um Prêmio Pulitzer (uma espécie de Oscar do jornalismo mundial).

Esse livro permanecer por 60 semanas na lista de mais vendidos do jornal e foi resultado de uma trabalho jornalístico com centenas de fontes – parecendo, inclusive, uma grande reportagem. O mesmo estilo de escrito pode ser encontrado me outro livro do autor, chamado de Mais Rápido e Melhor, sobre a ciência da produtividade.

Resumo do Livro O Poder do Hábito

Começando nosso resumo do livro O Poder do Hábito, somos primeiramente apresentados ao conceito de hábito – em geral, atividades do dia a dia que executamos sem pensar, no modo automático. Por exemplo: escovar os dentes ou até mesmo o caminho que tomamos em direção ao nosso trabalho todos os dias.

Nossa mente trabalha constantemente para otimizar e acelerar nossas ações diárias. Ele faz isso automatizando nossas ações e as tornando em hábitos, para que possa se concentrar em outras coisas que irão necessitar de mais atenção.

O autor tem por premissa desvendar como os hábitos são formados nas pessoas e como eles acabam influenciando positiva e negativamente em nossas vidas. Iremos descobrir por que fazermos o que fazemos tanto na vida quanto nos negócios e entender isso pode ser um fator determinante se você quiser um dia mudar um hábito. 

Continuando no resumo do livro O Poder do Hábito você também é apresentado às maneiras de como a psicologia e a neurociência encaram os hábitos e os poderes transformadores neles contido.

Além disso, o autor traz cerca de uma dezena de histórias para exemplificar a formação dos hábitos. Entre essas histórias estão: a introdução do hábito de escovar os dentes nos americanos, publicitários da Procter & Gamble que estavam desesperados para emplacar um produto que não vendia, um diretor de um hospital conhecido por inúmeros erros médicos que precisa mudar esse paradigma e do próprio autor que está engordando por comer muitos donuts no meio da tarde e não entende o que o leva a essa compulsão – todas essas histórias terminam bem sucedidas após os envolvidos entenderem os hábito e os manipulares para seus objetivos específicos.

O Poder do Hábito: Os 3 pilares do hábito

O Poder do Hábito (Charles Duhigg)

No livro O Poder Do Hábito, Charles Duhigg cita um estudo do século XX criado pelo MIT que apresenta o ciclo neurológico por trás da criação de um hábito e pontua que essa formação de um hábito recai sobre 3 pilares: a deixa, a rotina e a recompensa.

A Deixa

A deixa é o gatilho que dispara em seu cérebro para começar uma rotina, sendo que esse gatilho pode ser diversas coisas… de sentimentos a locais específicos. Conseguir identificar a deixa que te leva a ter mu hábito ruim será essencial para mudá-lo.

Um exemplo apresentado no livro é do próprio autor que parava para comer donuts em uma cafeteria todas as tardes e acabou engordando. Ele percebeu que a sua deixa era estar sozinho, e utilizava o tempo na cafeteria para bater papo e conhecer novas pessoas. Depois de identificada a deixa, restaria agora introduzir uma nova rotina para que ele conseguisse abandonar o seu vício em rosquinhas.

A Rotina

Em seguida, vem a rotina que vai ser a atividade que é sempre realizada quando a deixa é ativada. Se você tiver um hábito e não conseguir identificar o seu gatilho, provavelmente não conseguirá mudar a rotina – que o leva a buscar a “recompensa”, que é exatamente o que você quer evitar.

A Recompensa

A recompensa é o prêmio que você recebe pela tarefa.  Assim, quando a recompensa é muito forte, isso naturalmente desperta determinados sentimento em você que vão ficar guardados até a próxima vez que você se deparar com a deixa, que vai ativar uma rotina e posteriormente uma recompensa. O hábito vai se reforçando em um looping infinito. 

No caso das rosquinhas, ele se sentia recompensando ao conversar com as pessoas, não ao comer o ítem. Assim, ele precisaria trabalhar a sua rotina para abandonar esse hábito ruim.

O Poder do Hábito: Como lutar contra um hábito?

Em O Poder do Hábito o autor traz um caso da pasta de dente, por exemplo, na qual os componentes químicos que estão ali para lhe dar frescor na verdade não têm efeito nenhum em termos de higiene. Eles só estão ali para lhe dar frescor (oferecer uma recompensa), para que você sempre associe dentes limpos à pasta de dente. 

Outro caso exemplificado no livro o Poder do Hábito é o do próprio autor do livro que estava engordando por constantemente comer donuts no meio da tarde. Assim, ele observou nele mesmo quais eram as deixas (sentir-se sozinho no meio da tarde), a rotina (pegar um donuts) e a recompensa (poder conversar com as pessoas que estavam na cafeteria) e pode aplicar o seu método que ele exemplifica depois para mudar esse comportamento.

O autor começa então a demonstrar que é extremamente importante criar uma associação entre a deixa e a recompensa. Fato muito importante é que você mesmo pode criar essa deixa, sendo uma boa estratégia para a mudança de hábitos. 

Por exemplo, fazer a mesma coisa todos os dias em um determinado horário. Você irá olhar no relógio e essa seria a sua deixa. Então você parte para a sua rotina que pode ser uma corrida. A sua recompensa, então, deve ser algo prazeroso. Nos casos dos corredores, muitos têm a liberação de endorfina como recompensa, mas você também pode escolher outras recompensas que façam mais sentido para o seu caso. 

O autor também explora em O Poder do Hábito o conceito de hábitos angulares, ou seja, hábitos que acabam influenciando em outras áreas da sua vida. Por isso que as atividades físicas sempre são citadas por médicos e outros especialistas como muito importantes, já que elas acabam por influenciar diversas áreas da sua vida. 

Conclusão

Entender a formação dos seus costumes e as recompensa será uma forma excelente de te ajudar a mudar qualquer hábito da sua vida! Você gostou do nosso resumo de O Poder do Hábito? Deixe seu depoimento abaixo sobre como o livro ajudou a mudar a sua vida. 

Gostou de conhecer o resumo de O Poder do Hábito? Veja outros posts recentes do blog!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.