livros de jostein gaarder

Jostein Gaarder – Veja a Biografia e 12 livros do autor

Neste artigo, você conhecerá um pouco sobre os livros de Jostein Gaarder. Sua principal e mais reconhecida obra é O Mundo de Sofia, que foi publicada em 1991, e desde então veio conquistando muitos e muitos leitores, já tendo sido publicado em mais de 60 idiomas e vendido mais de 40 milhões de exemplares mundo afora.

Jostein é um escritor e professor de filosofia norueguês, nascido em Oslo. É autor de muitos livros, contos, romances filosóficos e muitas obras voltadas para o público infantil, mas que muitas vezes são muito bem apreciadas por públicos de mais idade devido ao caráter tão profundo, filosófico e intelectual de suas criações.

>>> Antes de prosseguir com os melhores livros de Jostein Gaarder, eu tenho uma sugestão para você: não perca mais nenhuma publicação do nosso blog, se inscrevendo nos nossos outros canais de comunicação. Você será avisado sempre que sair um novo post → Canal do Telegram, Instagram e Canal no Youtube.

1 – O Mundo de Sofia

o mundo de sofia melhores livros de jostein gaarder

Este é um romance fascinante, sendo, com certeza, o maior destaque entre os melhores livros de Jostein Gaarder. O Mundo de Sofia é um grande best-seller que, apenas no Brasil, passou a marca de 1 milhão de exemplares vendidos.

Sofia tem 14 anos de idade e, às vésperas do seu aniversário, começa a receber cartas anônimas muito estranhas. Aquelas cartas, que chegavam por inúmeros meios, são perturbadoras e, ao mesmo tempo, cativantes. E, conforme as mensagens chegam, Sofia vai se envolvendo cada vez mais com a situação e nota que, na verdade, ela está tendo um curso de Filosofia Ocidental, entrando num grande túnel do conhecimento.

Assim, a protagonista ganha novas perspectivas sobre a realidade e sua forma de enxergar o mundo muda completamente. Dessa maneira, juntamente com Sofia, os leitores embarcam nessa gostosa e misteriosa trama de reflexões profundas.

2 – O Dia do Curinga

O Dia do Curinga livros de jostein gaarder

Entre os livros bem conhecidos de Jostein Gaarder, está O Dia do Curinga. A trama é protagonizada por Hans-Thomas, que vai com seu pai da Noruega à Grécia em busca de sua mãe, que os deixou 8 anos atrás.

Esta viagem se torna uma aventura bem peculiar quando o protagonista encontra um misterioso livro. A partir daí, narrativas paralelas começam a ser observadas: náufragos, mitos gregos e cartas de baralho que ganham vida compõem o cenário desta fascinante história.

É uma trama mágica, mas que traz uma fantasia única e com um enredo capaz de manter os leitores horas e horas fissurados na narrativa para descobrir o desfecho.

3 – A Garota das Laranjas

A Garota das Laranjas melhores livros de jostei gaarder

A Garota das Laranjas é mais um grande sucesso entre os melhores livros de Jostein Gaarder. Aqui, acompanhamos a mensagem da longa carta que Jan Olav escreveu para o seu filho Georg antes de morrer. 

O pai de Georg conta uma história do seu tempo de jovem estudante de medicina, onde relata sua busca por uma garota desconhecida que ele vê pelas ruas de Oslo e que está sempre com um saco de laranjas. A busca pela misteriosa garota rende uma trama cativante, uma aventura narrada através de uma escrita de alto teor filosófico que só Jostein consegue fazer.

4 – A Biblioteca Mágica de Bibbi Bokken

A Biblioteca Mágica de Bibbi Bokken

Através de sua maneira singular de criar histórias, Jostein traz uma fantasia guiada por um grande mistério, em uma trama cativante.

Os primos Nils e Berit estão separados novamente após as férias de verão. No entanto, para manter o contato, os dois resolvem escrever um para o outro através de cartas pelo correio.

A história começa a ficar bem esquisita quando uma mulher estranha, mas aparentemente muito interessada em ajudar Nils comprar seu diário, entra na narrativa. Então, Berit furta um envelope da caixa de correios da mulher e obtém informações perturbadoras. A carta mencionava um estabelecimento em Roma onde existem livros ainda não escritos. E um desses livros menciona uma biblioteca mágica.

Os protagonistas investigaram essa história a fundo, rendendo uma ótima trama de suspense para os leitores.

5 – O Livro das Religiões

O Livro das Religiões

Entre os livros de Jostein Gaarder está O Livro das Religiões. Porém, este foi escrito em conjunto com mais dois autores — Henry Notaker e Victor Hellern.

Nesta obra altamente filosófica, o autor norueguês adentra no mundo complexo das religiões. Ao investigar todas as formas de religiosidade e analisar de maneira profunda suas diferenças e contextos, Jostein oferece ao leitor uma perspectiva intelectual sobre a fé.

Cada uma das crenças apresenta seus valores de compaixão, união, honra e honestidade, mesmo sendo espaço de conflitos e contradições, que expressam com clareza a fragilidade humana.

Gaarder ainda passea pelas perspectivas de pessoas sem religião, analisando ateus, agnósticos, materialistas… Enfim… Uma obra bem completa!

6 – Através do Espelho

Através do Espelho

Em Através do Espelho, o autor de O Mundo de Sofia envolve os leitores em mais uma trama profunda, filosófica e emocionante. Da maneira que costuma fazer!

Acompanhamos, neste livro, os últimos momentos de Cecília, que sofre de uma doença fatal e sem cura. Passando a maior parte do tempo deitada em sua cama, a protagonista tem como meio de desabafo o seu diário secreto e uma companhia inesperada que um dia aparece em seu quarto.

Ela está morrendo; de maneira lenta ela parte como quem viaja! Seu olhar analisa profundamente cada detalhe, com uma percepção que só quem experimenta os últimos momentos da vida costuma ter. E o outro lado do espelho, que não conhecemos, vai se tornando mais receptivo e menos assombroso.

7 – Ei! Tem alguém aí?

Ei! Tem alguém aí?

Jostein Gaarder faz um trabalho majestoso ao escrever histórias para um público tão jovem, mas que carregam tanta intelectualidade, induzindo os leitores sempre à reflexão.

Em Ei! Tem alguém aí,? o autor conta a história de um menino de 8 anos que vai ganhar um irmãozinho. Enquanto seus pais estão na maternidade, o garoto recebe uma visita inesperada: Mika, um tipo de pequeno príncipe que aparentemente é de outro planeta.

Os dois passam o tempo todo juntos; e suas conversas deslizam por assuntos muito cativantes, como a origem da vida, evolução, o desaparecimento dos dinossauros…Todos aqueles momentos foram muito importantes para que o jovem entendesse que há espaço para mais um em sua casa.

8 – Anna e o Planeta

Anna e o Planeta

Anna e o Planeta é uma obra muito bem elaborada, com um enredo muito interessante, além de levantar um tema muito importante para o mundo no século XXI.

Anna, com quase 16 anos, começa a receber mensagens perturbadoras em seus sonhos. Ela vê o agravo do aquecimento global e a consequente extinção de vários seres vivos. Seus pais, preocupados, a levaram a um médico, todavia, o doutor parece acreditar nas visões dela.

Na verdade, Anna está observando o mundo pelos olhos de Nova, sua bisneta do ano de 2082, que também está prestes a fazer 16 anos. Quanto mais Anna vê, mais ela percebe que é preciso tomar uma atitude no presente para evitar tanto desastre. A questão é: será que já não é tarde demais?

9 – Maya

Maya

Com a obra Maya, Jostein apresenta mais uma de suas fantasias totalmente fora da curva, que, além de estranhas, são cativantes.

Acompanhamos Frank, um paleontólogo que está fazendo um trabalho de pesquisa no arquipélago de Fiji, na Oceania. No entanto, algumas coisas bem estranhas começam a acontecer, como no caso de Ana, uma bela dançarina que é capaz de ler pensamentos e cartas de baralho.

Ainda temos uma salamandra que com sua mente tão intelectual e sua língua afiada se lança junto ao protagonista a um mar de reflexões; e ainda indaga o cientista sobre o porquê de sua espécie agir como se quisesse acabar com o planeta que levou bilhões de anos para se construir.

10 – O Pássaro Raro

O Pássaro Raro

O Pássaro Raro é um dos livros mais antigos de Jostein Gaarder, publicado em 1986. Na verdade, a obra contém 10 narrativas, onde pessoas comuns são arrancadas da sua rotina por conta de acontecimentos extraordinários e inesperados, levando os personagens à aventura do pensamento e da reflexão.

É um livro com contos curtos, mas que possuem grande valor poético e filosófico. Nesta antiga obra, o escritor norueguês já demonstrava seu caráter criativo que viria a explodir para o mundo em O Mundo de Sofia.

11 – Juca e os Anões Amarelos

juca e os Anões Amarelos

Juca, o protagonista, presencia a coisa mais estranha que poderia acontecer. Ele encontra, do lado de dentro da casca de uma banana, que estava intacta e num cacho fechado, a seguinte frase: “cuidado com o perigo amarelo”.

Tudo fica ainda mais estranho quando Juca encontra um anão amarelo que não para de jogar um dado e repetir uma frase que não faz o menor sentido. Bom, a princípio ele não está entendendo nada, mas com o desenrolar da narrativa ele descobre que a humanidade está em perigo.

As criaturinhas tem um plano maléfico; apaixonados por nossas bananas, eles pretendem invadir a Terra e mandar os humanos para o seu planeta.

12 – O Castelo do Príncipe Sapo

o castelo do principe sapo

Em uma noite fria, Gregório sai apenas com seu pijama estampado. Mal sabe ele sobre a fantástica aventura que o espera. Ele encontra um duende de olhos azuis e capuz vermelho chamado Umpin. Seu novo amigo o convida para casa para comer panquecas e geleias de morango.

Gregório terá de beijar um sapo e desfazer um encanto que aprisionou um príncipe chamado Garamond. Mas a aventura não para por aí, porque os 3 agora vão em direção a um castelo super protegido; cheio de soldados e criados. Uma aventura realmente muito intrigante, onde o protagonista terá muitas revelações.

A Biografia de Jostein Gaarder

Jostein Gaarder nasceu em 8 de agosto de 1952, em Oslo, na Noruega. Ele é um estudioso que estudou a história das ideias, estudou religião e literatura nórdica na Universidade de Oslo. Se formou em 76 e passou a trabalhar como professor de Filosofia, Religião e Literatura.

A entrada de Jostein no mercado editorial foi gradual, entre poemas e artigos enviados para jornais e palestras ocasionais. Assim, acabou estreando com 2 contos na década de 80. Após ter escrito a obra tão filosófica The Solitaire Mystery, que no Brasil carrega o título O Dia do Curinga, o escritor trouxe para o mundo dos livros a sua obra máxima, O Mundo de Sofia, para mergulhar sua literatura ainda mais na Filosofia.

Mesmo tendo sido muito atacado por críticos por sua obra, o livro se tornou um best-seller internacional. Sua criação literária trouxe uma mistura de gêneros que acabou por tornar interessante a mensagem tão profunda, que poderia ser monótona, principalmente para o público à que o livro é direcionado.

Enfim… Gaarder se tornou um dos grandes nomes da literatura mundial e, por isso, estamos aqui hoje para te apresentar 12 dos tantos livros deste grande ícone.

Gostou de conhecer os melhores livros de Jostein Gaarder? Veja também outros posts recentes do blog!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.