morando com um vampiro resenha

Resenha: Morando Com um Vampiro (Jenn Levine)

Morando Com um Vampiro é uma comédia romântica paranormal escrita por Jenna Levine, que narra a história de Cassie Greenberg, uma artista excêntrica que enfrenta dificuldades financeiras e acaba dividindo um apartamento com o enigmático Frederick J. Fitzwilliam. 

Frederick traz uma reviravolta inesperada à vida de Cassie, criando uma trama envolvente repleta de humor, romance e mistério. Com referências divertidas à cultura pop e uma química palpável entre os protagonistas, este livro oferece uma leitura cativante e leve para os fãs de romances sobrenaturais.

➜ Está gostando da nossa resenha de Morando Com um Vampiro? Esse texto foi escrito após um convite ao IG literário @blogleituranna, criado pela autora Anna Luíza Tenório. O site Os Melhores Livros também está presente no YoutubeTelegram e Instagram, nos quais você terá acesso a textos como esses e também diversos outros guias de leitura postados diariamente aqui no blog!

Enredo

Quando Cassie Greenberg decide que está na hora de se mudar, ela começa a procurar apartamentos baratos, que caibam no seu orçamento, por toda a cidade de Chicago. 

Cansada de viver no apartamento do seu amigo Sam, no seu desconfortável sofá-cama,  e ainda ter sempre a certeza de estar atrapalhando a vida do amigo, que acaba de se casar, ela acaba se interessando por um anúncio muito inusitado. 

O apartamento anunciado parece perfeito. Estilo colonial, de frente para uma das melhores vistas da cidade e localizado em um bairro de classe média alta. Todo o conjunto da oferta é tentadora demais, contudo, o inquilino está pedindo um aluguel de duzentos dólares, ou seja, muito abaixo do mercado e do bairro onde se encontra o imóvel. 

Cassie logo desconfia. Como pode um apartamento perfeito assim ter um aluguel tão fora do mercado? Mas convencida por seu amigo Sam, ela marca um horário para conferir melhor a moradia. 

Tudo parecia mais do que perfeito, até mais do que imaginava. O único fato estranho era o locador. 

O Locador

Frederick J. FitzWilliam era mais do que um simples locador, ele era o homem mais lindo que Cassie já havia visto. Com o seu jeito rebuscado, suas roupas que poderiam ter sido retiradas de qualquer história vitoriana, Frederick deixa Cassie intrigada, principalmente por não se preocupar com o valor do aluguel e muito menos com uma mulher estranha querendo locar o quarto vago. 

De pronto, Cassie desconfia, mas está desesperada para sair da casa do amigo, então aceita a proposta. 

Contudo, o que poderia ser uma moradia tranquila, acaba se revelando um grande mistério. 

Frederick impõe algumas regras para os dois. O que poderia ser normal, afinal de contas, eles estavam dividindo o mesmo apartamento. Mas essas regras acabam se tornando bizarras, como a proibição de mexer em um armário de madeira antiga, respeitar os horários de sono de Frederick, que se revelam ser nos horários comerciais, ou seja, nos horários em que Cassie estaria ou dormindo ou trabalhando.

Para Cassie eram poucas regras. Afinal de contas, ela era uma artista, e entendia que toda pessoa precisava de silencio. Mas, como poderia conhecer melhor o seu companheiro de casa se eles nunca poderiam se encontrar? 

Uma locação que parecia perfeita, se revelará muito misteriosa, e principalmente cheia de momentos de diversão e amor. 

Mais Uma História de Amor Com Vampiro

Mais uma vez estamos diante de uma história de amor entre um vampiro e uma humana. Com o sucesso de Crepúsculo, a editora Intrínseca, aposta em uma história apaixonante. 

Contudo, diferente da Bella e do Edward, Cassie é uma personagem moderna, carismática e divertida. Quanto a Frederick temos um personagem que está disposto a entender como o mundo moderno funciona, mesmo tendo muitos desafios. 

Cassie é formada em artes, e trabalha como professora de artes para crianças. Levando uma vida simples, enxergando a beleza nas pequenas coisas, ela se revela sendo uma protagonista divertida e muito pé no chão. 

Estilo de Narrativa

morando com um vampiro

Outro ponto importante é quanto a narrativa da história, Diferente do que se pode esperar de um romance, a história se desenrola muito fácil, ou seja, a autora entrega o enredo em momentos propícios, sem deixar que a história fique cansativa. 

A respeito disso, os plots da história não foram entregues ao final, pelo contrário, era necessário que fosse construído e revelado com calma, para que a história de verdade se revelasse. 

Não deixando de comentar sobre os personagens, pois, assim como Cassie é bem construída, e com um bom envolvimento com os leitores, Frederick também é um personagem engraçado, e com camadas típicas que um personagem do século XVII. Sem dúvidas o leitor vai gostar de acompanhar esses dois personagens, principalmente pela química sem igual dos dois. 

Conclusão da Resenha de Morando Com um Vampiro

Concluímos essa resenha de Morando Com um Vampiro ressaltando que a escritora Jenna Levine se arriscou em trazer uma história vampiresca para o mundo literário. Contudo, ela trouxe de uma forma completamente leve e sem igual. 

Cassie e Frederick são divertidos e carismáticos, e merecem muito o olhar dos leitores, principalmente por ser um daqueles livros de romance leves, fofos e muito gostosos de se ler. 

Assim, Morando com um Vampiro é um livro que merece ser lido por todo leitor apaixonado por romance, mas principalmente por todo leitor que sempre sonhou em namorar com um vampiro charmoso e misterioso. 

Avaliação:

Detalhes da edição brasileira:

  • Título: Morando com um vampiro
  • Autor: Jenna Levine
  • Tradução: Lígia Azevedo
  • Editora: Intrínseca
  • Idioma: Português
  • Data da publicação: 10 maio 2024

Gostou da resenha de Morando Com um Vampiro? Então, comente abaixo o que você achou da obra!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *