9 Melhores Livros de Simone de Beauvoir para virar fã

Conheça os melhores livros de Simone de Beauvoir. Entenda um pouco sobre a história de vida dessa renomada escritora francesa. Saiba quais são suas principais obras. Além disso, entenda seu papel nos movimentos feministas. Sem dúvida, você vai virar fã de suas ideias e escritas. Afinal, ela escreveu sobre diversos gêneros, desde romances a peças de teatro.

Simone Lucie-Ernestine-Marie Bertrand de Beauvoir nasceu em 9 de janeiro de 1908, em Paris e teve atuação destacada em diversas áreas como: escritora, filósofa, ativista, professora e intelectual.

Sua infância e adolescência foi em um colégio católico. Logo após, estudou matemática e também filosofia na Universidade de Sorbonne.

Lá, conheceu o famoso filósofo Jean Paul-Sartre. Aliás, ambos tiveram um relacionamento amoroso aberto por décadas. Dessa forma, por não ser uma partidária da monogamia, ela nunca se casou. Também não teve filhos.

Sua paixão pela leitura teve início já na juventude. Portanto, escreveu diversas obras. No entanto, tem como principal destaque, “O segundo sexo”.

Em 14 de abril de 1986, ela faleceu devido a uma pneumonia. Sem dúvida, Simone foi uma das maiores teóricas do feminismo como o conhecemos.

A sua escrita foi um passo decisivo rumo à consciência crítica. Sem dúvida, tão marcante que repercute mesmo hoje.

Ela foi uma das principais precursoras do feminismo. Principalmente, devido a seu livro “O segundo sexo”(inclusive já falamos dessa obra na nossa lista de melhores livros sobre feminismo). A partir disso, questões sobre a dignidade e a emancipação feminina ganhou base para discussões.

Há alguns escritores que são totalmente originais. Pois, essa autora francesa é um perfeito exemplo disso.

Ela foi uma mulher e escritora além do seu tempo. Pois, enxergou na literatura uma forma de lançar críticas ao sistema social. Com certeza, ela conseguiu fazer isso, por meio de seus romances, ensaios filosóficos, textos teóricos, peças de teatro e obras autobiográficas.

A mulher desiludida

a mulher desiludida livros de simone beauvoir

Essa obra foi escrita quando a autora já tinha quase 60 anos. Ela contém três diferentes histórias, narradas por suas protagonistas.

Na primeira, uma mulher progressista passa por alguns conflitos. Por exemplo, um filho que está se tornando cada vez mais conservador. Enquanto isso, ela também tem que travar uma luta contra o tempo.

Já a segunda narrativa do livro de Simone de Beauvoir é um monólogo no qual a narradora expõe todo o seu desespero e dor após ter dois relacionamentos fracassados e uma filha ter cometido suicídio.

O último retrata a vida de uma mulher que é abandonada pelo marido. Além disso, sofre com o consequente desprezo das filhas por ela.

A autora mostra nesses contos o papel feminino em uma sociedade patriarcal. Ou seja, sob o domínio dos homens.

O segundo sexo

o segundo sexo melhores livros de simone de beauvoir

Esse é um dos mais populares livros de Simone de Beauvoir. Aliás, também uma das mais polêmicas. Pois, chegou a ingressar na lista de publicações proibidas da Igreja Católica.

A história é dividida em dois volumes. Assim, no primeiro, a autora discute mitos e verdades sobre as mulheres, sob vários ângulos:

  • Biológico;
  • Psicanalítico;
  • Materialista;
  • Histórico;
  • Antropológico.

Já na segunda obra, Simone quer desconstruir a ideia de que todas nascem “femininas”. Inclusive, ela acredita que a mulher só se torna uma de fato com o tempo.

Ela propõe várias demandas. A fim de conquistar a independência das mulheres. Isto é, para que todos possam ter objetivos e ambições próprios.

Todos os homens são mortais

todos os homens sao mortais

Nesse livro de Simone de Beauvoir você irá acompanhar a história de um homem imortal. Sem dúvida, é uma das suas obras mais interessantes, já que mostra um homem que vive há mais de 500 anos.

Com isso, o leitor é levado a diversos países, em diferentes épocas. Além disso, conta várias experiências. Bem como, amores e guerras. Logo, a escritora coloca em pauta muitos questionamentos sobre poder, ambição, destino e morte.

Uma das maiores lições é que a vida não precisa ser curta. Mas sim finita. Então, não deixe de ler essa ficção com doses de filosofia existencialista.

Memórias de uma moça bem-comportada

memórias de uma moça bem comportada

Entre os livros de Simone Beauvoir você também irá encontrar autobiografias, e esse é o primeiro de três lançados pela autora. Assim, esse relata a infância da autora, bem como um pouco sobre sua família, que era rica e importante.

Quando criança, era bastante sensível, sempre chorando e reclamando. Dessa forma, ela era mais próxima de sua mãe e sua irmã.

Na escola católica lhe foi ensinado o papel da mulher: casar ou ser freira. A partir disso, Simone começou a questionar isso, junto com sua melhor amiga de infância. Aliás, supõe-se que ela também foi o primeiro amor da escritora.

A força da idade

a força da idade livros de simone de beuavoir

Esse é o segundo de três volumes que a autora escreveu sobre suas memórias.

Nesse ela fala sobre sua relação pouco convencional com Jean-Paul Sartre. Pois ambos tinham um relacionamento aberto. 

Essa obra diz respeito ao período da vida de Simone de 1929 a 1944. Ou seja, dos seus 21 aos 36 anos. Assim, ela conta sobre o começo de sua carreira como escritora, filósofa e professora. Por isso, acaba sendo uma leitura fascinante. Sobretudo, para os fãs.

Outro destaque dessa obra é que nessa época teve início a Segunda Guerra Mundial. Dessa forma, ela descreve como o fascismo surgiu ali até a libertação da França.

A vida dessa autora foi muito interessante. Sem dúvida, isso em parte se deve ao seu círculo de amizades. De fato, ela foi cercada por celebridades, como Picasso, Dora Maar e Albert Camus.

Os mandarins

os mandarins livros de simone de beauvoir

Este livro de Simone de Beauvoir é um romance existencialista. Portanto, é nessa obra que o engajamento da autora na política fica mais presente. Foi lançado em 1954 e com ele ganhou o prêmio Goncourt, da França.

Um dos mais importantes no mundo literário. Assim, em “Os mandarins”, o leitor é levado para a Paris de 1944 a 1948. Os temas abordados são a repercussão da Segunda Guerra Mundial, a corrupção mora, a agitação intelectual e diversos dilemas progressistas.

A convidada

a convidada

Esse é o primeiro romance lançado por Simone de Beuavoir. Desse modo, a história é sobre um casal de intelectuais, Françoise e Pierre. Logo, a parceria dos dois é motivo de admiração para uns e inveja para outros.

Mesmo com a ameaça de uma nova guerra, nada parece abalar o elo entre eles. Porém, a chegada de uma moça misteriosa em Paris, Xavière, pode mudar isso.

Essa obra retrata de forma entusiasmada a boêmia em Paris nos anos 30. Logo, é uma narrativa cheia de amores, frustrações e incertezas.

A velhice 

a velhice beauvoir

Chocante e ao mesmo emocionante. Esse livro de Simone de Beauvoir retrata em uma leitura detalhada a velhice ao longo da história.

Fato interessante é que a maioria das pessoas são surpreendidas com a chegada da própria velhice, quando tal fato deveria ser esperado por todos. A Velhice é uma obra intensa, aparentemente cruel porque retrata muitas vezes uma realidade cruel, mas necessária.

As questões levantadas sobre os problemas dos idosos são profundas e alcançaram grande repercussão no mundo todo.

As inseparáveis

as inseparáveis

Esse é um dos livros de Simone Beauvoir que tem tons autobiográficos e totalmente focado em sua relação com Zaza (Élisabeth Lacoin). Na obra Sylvie e Andrée, respectivamente.

No texto, dilemas são postos como por exemplo a criação católica de um lado e a postura rebelde por outro. A atração por uma outra mulher versus a sua timidez e a sua criação tradicional. Todos esses dilemas vão se acumulando e dando força para a sua eventual libertação. Juntas, as duas vivem uma catarse, se desamarram das expectativas sufocantes e finalmente se emancipam.

Gostou de conhecer os Melhores Livros de Simone de Beauvoir? Veja outros post recentes do blog!

Crédito de foto: starrynight1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.