meg cabot melhores livros

Os 9 Melhores Livros de Meg Cabot – Romances Cômicos e Leves

Está sentindo esse cheiro de livro novo? Que tal um romance aventureiro ou um daqueles bem engraçados para acompanhar a leveza do verão? Meg é conhecida no mundo todo por ser autora de mais de 70 livros. Romance, aventura, fantasia e humor são alguns dos elementos que se combinam entre as obras desta autora, uma grande best-seller — ela é o nome por trás do sucesso de 11 livros “O Diário da Princesa”. Então, veja agora os 9 melhores livros de Meg Cabot e aproveite leituras excepcionais.

Meg é uma escritora norte-americana, que desde jovem nutria seu interesse pela literatura, passando horas e horas a ler Jane Austen, Judy Blume e Barbara Cartland. Pela Universidade de Indiana, se formou em Artes. Por isso, quando se mudou para Nova York, imaginava seguir carreira como ilustradora autônoma.

Contudo, logo seu objetivo de se consolidar como ilustradora deu lugar à sua verdadeira paixão: a literatura. Ela arrumou um emprego como assistente administrativa num alojamento de estudantes universitários. Então, em seus horários livres estava sempre escrevendo. Hoje, Meg é uma autora best-seller consolidada no cenário literário!

➜ Caso esteja gostando de conhecer os melhores livros de Meg Cabot, também convido para se inscrever nas nossas redes sociais, Canal do Youtube, Instagram e Canal do Telegram, para acompanhar textos como esse em primeira mão. O blog também está presente no Patreon, com crônicas exclusivas para assinantes, em que discutimos diversos temas do mundo através da literatura. Além disso, saiba que, ao adquirir algum livro pelos links e botões dentro do texto, você ajuda o nosso blog.

1 – O Diário da Princesa

o diario da princesa

O Diário da Princesa é o primeiro livro entre 11 volumes. Com certeza, esta é a obra mais notória de Meg, tendo se tornado um sucesso também nos cinemas com o filme homônimo estrelado por Anne Hathaway.

Mia Thermopolis é mais uma jovem americana, com uma vida modesta e com perspectivas não muito extraordinárias. Entretanto, em um estalar de dedos seu mundo vira do avesso!

A jovem sempre soube que é fruto de um caso que sua mãe teve há muitos anos. Por isso, vê seu pai apenas no Natal e nas férias. O que ela não sabia até agora é que seu pai é um príncipe e que não pode ter mais filhos. Ela é a única herdeira do trono da Genovia.

Isso é um sonho, não é mesmo? Para Mia, no entanto, pode ser um pesadelo! Ela não fica confortável com os repórteres inconvenientes invadindo sua escola e não está tão interessada em aprender boas maneiras europeias com sua avó. Este é um romance cômico e envolvente. Uma leitura leve para dias tranquilos!

2 – Aprendendo a Seduzir 

aprendendo a seduzir melhores livros de meg cabot

Aprendendo a Seduzir traz um romance ardente e é um dos livros mais populares da autora. Quando publicou este romance, ainda assinava como Patrícia Cabot.

Bom, provavelmente qualquer mulher que pegasse seu futuro marido aos amassos com outra mulher cancelaria o casamento e o tiraria de sua vida para sempre. Contudo, batendo de frente com as expectativas, Caroline Linford toma uma atitude diferente.

Ela é apaixonada pelo marquês de Winchilsea e não vai jogar a toalha tão fácil. Então, a lady decide ir em frente com o casamento e se tornar a melhor amante que seu marido poderia ter, a ponto dele não pensar em mais ninguém.

Para isso, ela busca a ajuda de Braden Granville, muito reconhecido por ser um mestre na arte da sedução. Ela tem o objetivo muito claro de seduzir seu marido como nunca ninguém antes fez, mas tanto tempo junto com Braden pode acabar por fazê-la mudar de foco.

3 – Sem Julgamentos

sem julgamentos

Entre os melhores livros de Meg Cabot, está Sem Julgamentos. Este é mais um romance leve e cômico, com um enredo simples, mas interessante.

Bree Beckham abandonou as tempestades rotineiras da cidade grande para viver dias mais tranquilos em uma ilha paradisíaca chamada Little Bridge, na Flórida. Entretanto, uma tempestade real está se aproximando do vilarejo.

Na iminência de um furacão, muitas pessoas fugiram desesperadamente, deixando muitas coisas para trás, inclusive seus animais de estimação. Comovida com isso, Bree decide que vai ajudar esses pobres indefesos, mas para isso vai precisar de uma ajuda nem um pouco convencional.

Drew Hartwell é o maior conquistador de Little Bridge e passar tanto tempo com ele a fará questionar se o verdadeiro vendaval está fora ou dentro de si…

4 – Victoria e o Patife

victoria e o patife

Victoria é uma jovem nobre, inteligente, bonita e cheia de dotes. Criada pelos seus tios na ìndia, ela sabe como ser uma verdadeira dama da alta classe. Agora, em seu retorno para Londres, espera encontrar o seu par, alguém que esteja a sua altura.

No entanto, logo na longa viagem até a Inglaterra as coisas começam a acontecer. Hugo Rothschild, o nono Conde de Malfrey, parece ser exatamente o que ela quer. A ingenuidade de Victoria a torna vulnerável e a leva a acreditar demais nas aparências, e isso acaba enfiando ela em uma teia perigosa de falsidades.

Por outro lado, o insuportável capitão do navio, Jacob Carstairs, é exatamente o oposto do que  ela espera para ser seu par. Ele tem uma habilidade genuína de tirar a protagonista do sério. Um verdadeiro patife. Ou talvez… Um homem irônico e sincero seja muito melhor do que um lord elegante e enganador.

5 – Pode Beijar a Noiva

pode beijar a noiva

Neste romance, conhecemos a história de Emma, que após a morte de seu marido tinha a péssima expectativa de ser uma viúva sem nenhum tostão. No entanto, descobriu-se herdeira de uma grande fortuna.

Contudo, receber esse dinheiro não será tão fácil, tendo em vista que para isso ela precisará se casar novamente. E é claro que ela não vai querer aceitar a proposta de nenhum dos pretendentes esquisitos que aparecem por todo canto.

Neste contexto, chega à trama James Marbury, o primo do falecido. Na verdade, ele é um quase romance do passado da protagonista; um amor que não teve chance de acontecer. Mas já se passou muito tempo e a proposta que ele faz a Emma tem apenas o intuito de ajudá-la a receber a herança. A princípio eles se casarão para que ela possa botar a mão na bolada e depois é cada um por si. Talvez isso fosse possível se os dois ainda não nutrissem tanto sentimento um pelo outro. 

6 – A Mediadora 

a mediadora

A Mediadora entra na nossa lista dos melhores livros de Meg Cabot, como um romance/fantasia cômico e leve. Você vai adorar conhecer Suzannah, mas talvez não vá gostar de conhecer seus amiguinhos tanto assim.

A protagonista seria apenas uma menina normal se não fosse sua excêntrica habilidade de ver fantasmas. O propósito da sua existência é ajudar as almas atormentadas a encontrarem a paz.

Mas o mais difícil é fazer sua mãe e seus professores entenderem que suas aventurinhas noturnas são por uma boa causa.

Então, quando sua mãe se casa novamente e Suzannah tem que se mudar para a Califórnia, a protagonista se depara com uma grande surpresa: sua nova casa é assombrada por um fantasma bonitão e simpático.

7 – O Garoto Está de Volta

o garoto esta de volta meg cabot

Há 10 anos, Reed Stewart deixou a pequena cidade de Bloomville rumo ao estrelato. Ele se tornou um campeão famoso de Golfe. Ele tem muitas lembranças da pequena cidade, um coração partido é o mais marcante. 

Ele realmente achou que tudo isso tinha ficado para trás, até de repente algo despertar toda a insegurança dos tempos de adolescente. 

Becky Flowers, por outro lado, se dedicou a se tornar uma excelente profissional no ramo da realocação de idosos. Se dedicou também a tirar Reed do seu coração. Então, nunca mais sequer cogitou reencontrá-lo. Mas, os planos do universo colocam os dois cara a cara novamente após Becky ser contratada para ajudar na mudança dos pais de Reed.

8 – A Rainha da Fofoca

a rainha da fofoca meg bacot

A Rainha da Fofoca é com certeza um dos melhores livros de Meg Cabot. Lizzie Nichols acabou de se formar. Ela foi capaz de aprender muita coisa mas nunca conseguiu aprender a ficar de boca fechada.

Ela está animada para suas merecidas férias. Ela vai pegar seu diploma  e partir para os braços do seu namorado em Londres. Mas nem tudo sai como ela esperava. Aparentemente ainda tem uma monografia pela frente e seu namorado não é exatamente como lembrava.

Bom, mesmo em solo britânico, a fofoqueira não perde seu péssimo hábito de falar mais do que deve e isso causa muita confusão. Logo, Londres se torna um inferno e ela não tem como voltar para casa. Assim, quando sua amiga, Shari, a convida para ir para a França, Lizzie não pensa duas vezes. 

A protagonista imagina um passeio divino nas ruas do país tão elegante, mas não leva muito tempo para ela angariar o ódio de algumas pessoas. Este é um romance que traz toda capacidade genuína de Meg para escrever histórias cômicas.

9 – Pegando Fogo

pegando fogo meg cabot

Katie Ellison e Tommy Sullivan eram grandes amigos, mas quando ele causou um tremendo rebuliço na pequena cidade, praticamente foi expulso de Eastport.

Após isso, Katie fez de tudo para esquecer sua amizade com Tommy e, então, se tornou uma mentirosa de mão cheia. Agora, sobre segredos encobertos, ela leva uma vida popular e namora um jogador de futebol americano.

No momento atual, quatro anos depois dos escândalos, Tommy está de volta, e o segredo que Katie guarda a coloca em um dilema cortante. Ela terá de decidir se prefere manter as mentiras e continuar vivendo uma vida mascarada, ou se vai revelar a verdade e deixar que as coisas tomem o rumo que têm que tomar.

Gostou de conhecer os melhores livros de Meg Cabot? Veja também outros artigos recentes do blog!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *