o avesso da pele resenha

O Avesso da Pele – Jeferson Tenório [Resenha]

Este é um livro necessário para todos. É um livro que traz um retrato brutal do racismo estrutural no país. Hoje vamos fazer uma resenha de O Avesso da Pele de Jeferson Tenório.

Aliás, que momento incrível que a literatura brasileira tem vivido né? Vou até criar um vídeo sobre alguns dos livros lançados recentemente que mexeram bastante comigo durante a leitura e esse é um deles.

Antes de começar a resenha de O Avesso da Pele, gostaria de pedir se você já leu esse livro? Se sim, comente abaixo quais sentimentos esse livro trouxe para você?

>>> Também convido a todos se inscreverem nossas redes sociais: Instagram; Canal do Telegram e Canal do Youtube, para acompanharem resenhas como essas em primeira mão! Você também ajuda o blog se adquirir livros por meio dos links presentes aqui no texto!

Quem Narra o Avesso da Pele? 

Este livro é diferente de tudo que eu já vi em termos de escrita, porque o mais comum é que se leiam livros em terceira ou primeira pessoa, mas esta obra é praticamente uma conversa póstuma entre o filho, chamado Pedro, com o pai recém-falecido por uma morte violenta, Henrique.

Bom, leitores, para quem não conhece ainda essa obra, O Avesso da Pele é vencedor do Prêmio Jabuti de 2021 e é escrito pelo carioca Jefferson Tenório que é radicado em Porto Alegre.

Então o Jefferson imprime aqui nesta obra um estilo totalmente corajoso e inovador, praticamente narrando o livro em segunda pessoa.

Aqui nesta história, a gente é apresentado a uma relação de pai e filho, e o Pedro ao visitar o apartamento do pai e começar a mexer nos objetos que estão ali, passa a tentar resgatar, para si próprio, a história do pai.

Racismo Estrutural

Estes dois personagens são negros, como a maioria dos que aparecem nesta obra. A narrativa intercala momentos sensíveis e brutais… e ao longo da história nós vamos sendo apresentados para diversos aspectos do racismo estrutural pelo qual o pai de Pedro passa, e a tomada de consciência que ele tem ao longo dessa trama, principalmente quando, na juventude, ele conhece o professor Oliveira que o faz enxergar esse racismo.

Então a obra, ao reconstituir a história do pai, permeia diversos temas sociais relevantes do nosso país. Além do racismo estrutural, a violência urbana e policial, a própria história da mãe do Pedro, a Martha, cujos pais faleceram cedo e acaba sendo separada das irmãs e crescendo numa família branca e com uma mãe solteira.

Nesse processo de tomada de consciência, Henrique começa a perceber que, por exemplo, as piadas que faziam com ele na família de uma namorada branca não eram exatamente piadas, e ele acaba se revoltando com isso, o que resulta no fim do seu relacionamento com aquela menina.

o avesso da pele

O Sistema Educacional na Obra

Outra coisa importante para se comentar nessa resenha de O Avesso da Pele é que a obra também mostra um pouco da falência de um tipo de ensino que não consegue se conectar com os jovens da periferia. Nesta história, o Henrique é um professor de literatura e está tentando ensinar por diversas vezes os seus alunos a compreenderem obras escritas por Drummond e até por Dostoievski.

E é bem interessante também este retrato no livro que a tomada de consciência do que é ser um homem negro é totalmente diferente da tomada de consciência do que é ser uma mulher negra na cidade em que está sendo narrada a história, que é Porto Alegre.

E aqui é um mérito muito grande do autor, que é demonstrar tudo isso, apenas contando uma história, deixando para o leitor o próprio entendimento do que está acontecendo ali.

Por fim, temos, a morte precoce e brutal de um professor que está no auge da sua vida, que nesse caso é fazer com que a sua turma de alunos se interesse por Crime e Castigo do Dostoiévski.

Então em determinado momento ele consegue se conectar com aqueles alunos e fazer com que eles se interessem por uma das obras favoritas dele, que é Crime e Castigo. Ou seja, o protagonista está vivendo o clímax da própria carreira, quando a grande tragédia do livro acontece.

Conclusão da Resenha de O Avesso da Pele

Para mim, o Jefferson Tenório é um dos grandes autores dessa nova leva de escritores brasileiros, e ele conseguiu criar uma obra prima com o Avesso da Pele. A minha nota no Skoob foi 5/5. Acho que esse tipo de livro que traz um tema tão importante para ser trabalhado na sociedade brasileira deve ser lido pelo maior número de pessoas possível.

E é isso pessoal, gostaria de saber o que vocês acharam do livro, e se você gostou dessa resenha, compartilhe-a e se inscreva no canal, que isso ajuda muito aqui para que continuemos a criar conteúdo aqui e no YouTube.

Gostou da nossa resenha de O Avesso da Pele? Veja também outros artigos recentes do blog!

4 comentários em “O Avesso da Pele – Jeferson Tenório [Resenha]”

  1. Esta obra foi distribuída pelo Estado para a minha escola e minha diretora recolheu tudo da biblioteca de minha sala. Sou agente de leitura, mestra em educação e relações étnicos Raciais pelo CEFET, RJ, doutora em Educação, pela UERJ, com estudos na cultura cigana pelos sujeitos crianças. Estou resumindo mais ou menos. Mas se quiser me ajudar a dar mais argumentos, além do que já falei na escola, aguardo seu contato.

    1. Olá, Maria, tudo bem?
      Tendo a concordar com você sobre a necessidade de divulgar essa obra para a maior parte de pessoas possível, como leitor e cidadão, acredito que é uma obra necessária, mas não tenho conhecimentos suficientes sobre magistério e sobre as melhores políticas de escolha de livros para as escolas.

  2. Me parece que é só promoção do livro, porque ninguém informa quais são as tais palavras chulas ou termos de insinuação sexual que levaram alguns idiotas como os governadores Caiado, Ratinho Jr e Eduardo Leite a censurarem o livro. Esse suspense é mero marketing de botequim para vender o livro. Tanto a direita xucra quanto a esquerda de emprego público se igualam na hipocrisia.

    1. Olá, José, tudo bem?
      Obrigado pelo comentário.

      Estou alheio a essa polêmica, e a resenha foi escrita muito antes dela surgir, portanto, não estou capacitado para comentar sobre ela.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *